SIMÕES FILHO: Desaparecimento de amigos intriga a polícia; DPP assume investigações do caso

Autor: Redação

Publicada em


Foto: Montagem Simões Filho Online

A Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP) assumiu as investigações do caso dos jovens desaparecidos na noite da última quinta-feira (08/2), em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O sumiço tinha sido registrado apenas na 22ª Delegacia Territorial (DT), mas agora está integralmente a cargo da DPP.

CASO INTRIGA POLÍCIA

Um é mototaxista e outro é vendedor, ambos têm 20 anos de idade. O caso desafia a Polícia Civil na complexa investigação que tenta desvendar a questão que amigos e familiares fazem nos últimos cinco dias: o que aconteceu com Pedro Henrique Luz Nunes e Joelson Estanislau dos Santos Junior?

Para onde os amigos foram, e por que os celulares pararam de emitir sinal, são algumas das questões que os investigadores tentam responder à família.

Pedro é morador do bairro KM 25 e trabalha como mototaxista em um ponto localizado na rotatória do Bairro KM 30. Já Joelson é morador do bairro KM 30 e trabalha na Ceasa como vendedor ajudando a tia, Maria Marli, 42 anos, que cuida do jovem desde criança.

As esperanças em encontrá-los são minadas, principalmente, pela demora em ter em notícias sobre o paradeiro, e porque o telefone celular está desligado. Mesmo assim, familiares e amigos mantem a fé e esperança de encontrar os rapazes com vida.

A última informação que as famílias obtiveram é que Pedro passou na casa do amigo Joelson e os dois saíram juntos.

Quem tiver qualquer informação sobre os jovens ligue para DPP através do 71 3116-0000 ou 71 3116-0357 ou para o Disque Denuncia através dos números 71 3235-0000 e 181 (interior da Bahia). Não precisa se identificar.