Em Simões Filho 1.647 Cadastros Únicos foram excluídos de Programas Sociais

Cursos do Pronatec, Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica e outros programas dependem do Cadastro Único

Autor:

Publicada em


O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) iniciou o processo de Exclusão Lógica de Cadastros Únicos desatualizados há mais de 48 meses. Em todo o Brasil, aproximadamente 2,6 milhões de registros desatualizados foram excluídos.

 

Em Simões Filho, este montante conta com um total de 1.647 Cadastros Únicos excluídos no dia 1º de janeiro de 2015, devido a não atualização. Essas pessoas estão automaticamente excluídas de Programas Sociais do Governo Federal caso participem de algum, por exemplo: Cursos do Pronatec, Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica entre outros.

 

Quem teve o cadastro excluído em Simões Filho tem mais uma chance de regularizar a situação. Os excluídos devem comparecer a Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDES) até o dia 16 de Março de 2015 para reivindicar o recadastramento.

 

O Cadastro Único é um banco de dados que foi criado pelo Governo Federal e serve para as famílias ter acesso a programas sociais. Para sua família ser beneficiada por programas como os Cursos do Pronatec, Bolsa Família, a Tarifa Social de Energia Elétrica e o Telefone Popular, entre outros, ela deve estar inscrita no Cadastro Único.