10 coisas que você jamais deve fazer nos cabelos; confira

Por que a maionese tem todos os nutriente para seu cabelo crescer?
Por que a maionese tem todos os nutriente para seu cabelo crescer? – Reprodução

Cabelos, esse definitvamente é um dos assuntos favoritos aqui no Fashionismo e, obviamente, no nosso universo feminino! Se compartilhar dicas certeiras e imagens inspiradoras nos ajudam no assunto, mostrar o que NÃO fazer também acaba se tornando importante!

>6 benefícios da babosa para a pele e cabelo que você não conhece

Outro dia li uma matéria muito legal na Allure, que compartilha 10 coisas que você jamais deve fazer nos cabelos. Os principais cabeleireiros do mundo gostariam que a gente PARASSE de fazer, afinal, eles são maravilhosos, mas dependem de nós. Vamos lá!

PARE de puxar as pontas duplas! Definitivamente pare! Isso é um vício mais comum que podemos imaginar e muita gente acha que separando-as, estaremos nos livrando delas, mas não, estamos rasgando os fios e criando pontas mais desiguais e sofridas.

PARE de usar ferramentas nos cabelos molhados! Ferramentas, leia-se chapinha e babyliss. Essa combinação literalmente frita o cabelo, gerando um dano difícil de recuperar. Até mesmo na hora da escova, tente secar os fios o máximo que puder, antes de começar a modelar com escova.

>Progressiva caseira: veja como alisar o cabelo em casa gastando pouco

PARE de dormir de rabo de cavalo! Isso causa uma quebra dos fios e muitas vezes de forma irreversível (especialmente se o rabo for muito apertado). Se você se incomoda em dormir com cabelo solto, faça uma trança frouxa.

PARE de sprayzar junto a raiz! Quando uma embalagem de produto diz pra você aplicar com 20 ou 30cm de distância, eles tem um ponto, obedeça. Produtos em aerosol funcionam melhor quando eles estão expostos ao ar antes de atingir os fios, portanto, dêem espaço pra eles respirarem!

PARE de usar um elástico qualquer! Isso é o terror de qualquer cabeleireiro, aqueles elásticos com plaquinha de metal, eles destroem os fios e os cabeleireiro detestam! Hoje em dia existem vários elásticos mais ‘modernos’ e ainda assim baratinhos, sem contar os elásticos reutilizados da meia-calça que você não usa mais.

Benefícios e receitas de hidratação para cabelo com açúcar

PARE de pentear da raiz até as pontas! Outro clássico que os cabeleireiros cansaram de nos explicar. Desembaraçe sempre as pontas primeiros e depois a raiz, o caminho inverso dá até pra ouvir o cabelo quebrar. Da forma certa você reduz pontas quebradas e cuida mais dos fios!

PARE de usar shampoo purificante! É uma moda entre as marcas, mas os especialistas não amam muito, afinal, essas limpezas profundas tiram todos os óleos naturais produzidos pela gente, deixando sem “imunidade capilar”. Faça raramente.

PARE de fazer turbante com toalha! Essa eu já contei aqui e eles endossam! Isso estraga e bagunça os fios, sem contar que mexem com as cutículas. Você pode até secar seu cabelo com a toalha, mas jamais torcendo e se quiser andar de turbante logo após o banho, que seja de uma camiseta velha, essa sim não quebra os fios.

PARE de cortar os fios achando que vão crescer! PÔ-LÊ-MI-CA! Um dos “segredos” capilares da rainha Aniston é que ela diz que corta os fios a cada 6 semanas, por isso eles são mais saudáveis e bonitos.

Aqui mesmo já falamos disso, mas não, muitos cabeleireiros são contra essa teoria e dizem que o segredo é: lavar menos, simples assim. Assim você protege mais o fio e não fica em contato com o secador diariamente.

>Tratamentos naturais eficientes contra a queda de cabelo

PARE de usar muito shampoo seco! Usar mais de 2 vezes por semana o famoso produto, vai desidratar seu couro cabeludo, enfraquecendo os fios e deixando-os mais propícios à quebra. Enfim, use só quando necessário, não banalize o produto!

>6 receitas caseiras e naturais para fazer seu cabelo crescer mais rápido

Nossa, muita coisa errada que a gente faz, hein! Acho que das 10, eu faço umas 7 hehe e vocês? Bom, de qualquer forma, taí uma reflexão pra gente mudar nossos pequenos hábitos capilares, vamos botar em prática?

Fonte: Fashionismo

Veja mais