10 nutrientes que seu corpo precisa para lutar contra o covid-19

10 nutrientes que seu corpo precisa para lutar contra o covid-19
10 nutrientes que seu corpo precisa para lutar contra o covid-19. Reprodução

10 nutrientes que seu corpo precisa para lutar contra o covid-19

Hábitos de vida saudáveis e uma alimentação balanceada são dois aspectos fundamentais na prevenção da COVID-19. A maior incidência ou mortalidade causada pela doença está diretamente relacionada à obesidade, diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares e pulmonares.

Uma equipe de especialistas do grupo de pesquisa em Nutrigenômica e Obesidade da Universidade das Ilhas Baleares (UIB) e do CIBEROBN publicou um estudo no qual analisam a possível influência dos principais nutrientes essenciais no combate ao ‘coronavírus’.

>Alimentos ricos em fibras que melhoram sua digestão (e sua saúde)

>Benefícios do coentro que vão além do sabor aos alimentos

“A falta de conhecimento sobre os mecanismos biológicos do coronavírus SARS-CoV-2, bem como a ausência de vacinas e tratamentos eficazes contra a doença causadora da COVID-19, têm colocado em destaque os fatores que podem comprometer o correto funcionamento do sistema imunológico na luta contra as doenças infecciosas. Dentre estes, a nutrição, visto que se considera sem dúvida que a ingestão correta de nutrientes essenciais tem um impacto benéfico no sistema imunológico e na proteção contra doenças infecciosas ”.

>Suco de goiaba: descubra os benefícios desse superalimento que salva vidas

O trabalho considera principalmente as seis vitaminas (A, D, C, B6, B9 e B12) e os quatro minerais (ferro, zinco, cobre e selênio) com participação comprovada na manutenção saudável do sistema imunológico, segundo a Agência Europeia de Segurança Alimentaria (EFSA).

Com base na análise da ingestão desses nutrientes na população de dez países europeus e nos indicadores epidemiológicos da COVID-19, em conclusão, os pesquisadores destacaram que existe uma correlação entre fatores nutricionais e indicadores epidemiológicos. Os países com pior perfil de ingestão desses micronutrientes (Espanha, Itália, Bélgica, Reino Unido e França) são os que mais sofreram com a pandemia.

>10 alimentos que combatem a depressão

Funcionalidades de cada um dos nutrientes:

  • Vitamina A (Retinol): mantém a pele e as membranas mucosas do sistema digestivo e respiratório saudáveis. É necessário ter visão noturna e fortalecer as defesas para lutar contra as doenças.
  • Vitamina D: é produzida naturalmente pela exposição ao sol e auxilia no aproveitamento do cálcio nos ossos.
  • Vitamina C: mantém os vasos sanguíneos em boas condições e evita hemorragias. Além disso, melhora a absorção do ferro e tem poder antioxidante que previne doenças cardiovasculares e câncer.
  • Piridoxina (B6): Ajuda o corpo a produzir anticorpos, necessários para combater muitas doenças. Mantém a função neurológica normal.
  • Ácido fólico (B9): participa da reprodução celular e auxilia na formação dos glóbulos vermelhos. Pode ser encontrado em cereais, vegetais verdes, frutas, legumes e carnes orgânicas.
  • Cobalamina (B12): É importante para o metabolismo das proteínas. Ajuda a formação de glóbulos vermelhos e a manutenção do sistema nervoso central.
  • Zinco: participa do bom funcionamento dos vasos sanguíneos e da pele, unhas e cabelos.
  • Cobre: auxilia na mineralização óssea, é antioxidante e antiinflamatório.
  • Selênio: é um antioxidante e auxilia no bom funcionamento da tireoide.
  • Ferro: serve como transporte de oxigênio para as células.

Veja mais