Acusados de matar Marielle Franco serão julgados em júri popular

Autor: Aratu On

Publicada em


Nesta terça-feira (10/3), a 4º Vara Criminal do Rio, decidiu que Ronnie Lessa e Élcio de Queiroz, suspeitos de executarem a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, deverão ir à júri popular. O crime ocorreu em março de 2018, na capital carioca.

De acordo com o juíz da 4º Vara, Gustavo Gomes Kalil, há indícios suficientes contra os réus. O júri é formado por pessoas comuns que irão votar pela absolvição ou condenação dos suspeitos. A data do julgamento, no entanto, ainda não foi marcada.

A Delegacia de Homicídios da Capital e o Ministério Público continuam investigando a motivação do crime e o mandante. Os dois ex-PMs estão presos desde o ano passado no Presídio Federal de Porto Velho, em Rondônia, e deve permanecer na unidade fora do Rio.