Apesar do momento de crise, indústria baiana cresce 2,6%

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Dados da Pesquisa Industrial Mensal Produção Física – Regional divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) apontam que a produção da indústria baiana apresentou um crescimento de 2,6% em janeiro de 2016, fazendo um comparativo com o mês de dezembro do ano passado.

Na comparação com janeiro de 2015, a expansão foi de 10,3%, o segundo melhor resultado do país, ficando atrás apenas do Pará (10,5%). Porém, no acumulado dos últimos doze meses – seguindo a tendência de crise – a produção industrial teve uma retração de 5,2%.

O bom desempenho da Bahia na última pesquisa foi puxado pela alta do setor de ‘coque-produtos’, que são derivados do petróleo e biocombustíveis.

“Esse resultado reaquece o setor de petróleo e gás por aqui, especialmente porque temos na Bahia poços de produção, refinaria e o Polo de Camaçari. É uma boa oportunidade de investir na carreira de técnico em petróleo e gás, já que o aquecimento do setor está associado à geração de mais postos de trabalho”, explica Anderson Braga, mantenedor do CETTPS, instituição localizada em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, que é referência há mais de uma década, no ensino técnico.