Após 15 dias internado, morador de Simões Filho baleado próximo ao trabalho morre no HGE

O rapaz era bastante conhecido na comunidade onde vivia

Autor: Redação

Publicada em


Leandro Lima Ribeiro, de 31 anos, não resistiu ao ferimentos e morreu no Hospital Geral do Estado, na capital baiana. Leo Muzenza, como é conhecido na comunidade onde reside, passou quinze dias lutando na UTI após ser baleado nas costas e na região da cabeça, no bairro de Simões Filho 1, em Simões Filho, na região metropolitana de Salvador. O rapaz era bastante conhecido na comunidade onde vivia por participar de atividades esportivas.

  • Pis 2015 começa a ser pago; veja o calendário
  • Rapaz de 23 anos é morto a tiros durante Cavalgada em Simões Filho
  • Mulher corta pênis de marido na Região Metropolitana

De acordo com informações da polícia, na manhã do dia 17 de junho, Leandro saiu para ir ao trabalhar, em uma obra de construção civil, e foi alvejado com disparos de arma de fogo por homens não identificados – que estavam em um carro preto. O rapaz foi socorrido para o Hospital Municipal de Simões Filho e em seguida transferido para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, onde permaneceu por 15 dias e morreu na noite da última quarta-feira (01). Agentes da 22ª Delegacia Territorial de Simões Filho continuam investigando a autoria e motivação do crime.