Após matéria do Simões Filho Online, Prefeito e MP discutem repasse de verbas para orfanato

O único orfanato de Simões Filho, fica localizado na Praça da Bandeira, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador.

Autor: Redação

Publicada em


O encontro foi marcado pela Promotora da Infância e Juventude

Após matéria publicada pelo Portal Simões Filho Online no último dia 16 de junho, que repercutiu nas redes sociais, o prefeito Eduardo Alencar, acompanhado da Secretária de Desenvolvimento Social Lúcia Abreu e do presidente da câmara Joel Cerqueira, se reuniu com a Promotora da Infância e Juventude na manhã desta terça-feira (7), para juntos alinharem ações que possibilitem a regularização administrativa do Lar Ana Noêmia – Instituição Irmã Benedita Camurugi e assim a entidade possa receber repasses dos conselhos de assistência social e da criança e do adolescente. O único orfanato de Simões Filho, fica localizado na Praça da Bandeira, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador.

O encontro foi marcado pela Promotora da Infância e Juventude no sentido de unir forças dos setores de maior representatividade da sociedade, já que os repasses dos conselhos de assistência social e da criança e do adolescente não podem ser feitos, devido à irregularidade de documentação do lar. Uma próxima reunião será marcada para que as lideranças possam dar continuidade a debater as possíveis medidas que poderão ser adotadas dentro dos padrões pré-estabelecido por lei, através do Reordenamento das Entidades Sociais.

Entenda o Caso:
O Lar Irmã Benedita Camurugi, entidade privada de acolhimento de crianças em situação de risco e pessoal, encontras-se na iminência de encerrar suas atividades no município. A unidade alem de necessitar de uma reforma, precisa seguir as regras estabelecidas pelo ECA, uma delas é uma equipe técnica para acompanhar as crianças durante as suas passagens pela instituição – a maioria delas sofreram traumas e precisam de um acompanhamento psicológico. Sem apoio, o abrigo não tem condições de oferecer o serviço e corre risco de fechar as portas. Saiba mais