Aposentados e pensionistas INSS precisam olhar extrato para ver descontos errados

Aposentados e pensionistas INSS precisam olhar extrato para ver descontos errados
Aposentados e pensionistas INSS precisam olhar extrato para ver descontos errados

Aposentados e pensionistas INSS precisam olhar extrato para ver descontos errados.

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) precisam olhar extrato de seus pagamentos para verificar se teve algum desconto errado ou indevido em seu salário.

Nos últimos meses muitas pessoas estão sofrendo com esses descontos que não deveria acontecer. Se porventura tenham alguma queixa sobre descontos indevidos no salário ou empréstimo realizado, sem sua autorização, devem buscar a reparação do dano e obter o valor de volta imediatamente. Veja abaixo os 4 principais motivos desses descontos indevidos no salário dos aposentados e pensionistas do INSS.

>Recadastramento de aposentados no INSS continua suspenso até junho

1) Fraudes
Algumas fraudes comuns como empréstimos não autorizados podem fazer com o valor recebido da aposentadoria seja menor. Todo empréstimo consignado precisa ser autorizado e averbado pelo segurado, banco e pelo próprio INSS. No entanto, golpes como falsificação de documentos podem levar à descontos indevidos no benefício INSS.

>Revisão automática por erro do INSS ainda vai pagar mais dois lotes aos aposentados e pensionistas

2) Contribuições de Associações
Os chamados descontos associativos também são deduzidos do valor que Aposentados e Pensionistas recebem todos os meses. Essa contribuição é facultativa sendo, portanto, opcional. Esse repasse é realizado pelo INSS, no entanto, precisa ter o consentimento só do segurado, como qualquer outro desconto. Do contrário irá se caracterizar como um desconto indevido.

>Aposentados do INSS: veja 7 possibilidades de você ter dinheiro esquecido e como sacar

3) Imposto de renda
Segurados que ganham acima de R$ 1.903,98 ou de R$ 3.807,96 (para quem tiver mais de 65 anos) têm o desconto retido na fonte. Ao fazer a declaração é importante verificar se a verba é tributável ou isenta. É necessário informar o valor recebido e o desconto. Essas informações constarão no Informe de Rendimentos fornecido pelo INSS, todos os anos.

4) Revisão dos benefícios
De tempos em tempos o INSS pode solicitar a revisão do benefício. O segurado é comunicado com antecedência para realizar a prova de vida, comparecer a uma das Agências da Previdência Social (APS) ou ainda apresentar os documentos necessários para continuar a receber o benefício.

Essa operação, chamada de “pente-fino” tende a reduzir as fraudes contra o INSS e os próprios segurados. Em alguns casos, o benefício pode ser reduzido, suspenso ou ainda cancelado.

>INSS: Mulheres tentam sacar R$ 80 mil de pensão fraudulenta e se dão mal

Como identificar os descontos indevidos no benefício INSS?

A forma mais fácil de conferir se o valor recebido está correto é conferindo o extrato de pagamento de benefício. Esse documento pode ser acessado pelo site ou aplicativo Meu INSS. Para conferir os valores recebidos anteriormente, o segurado deve pesquisar o mesmo documento, que também é conhecido como Histórico de Créditos ou HISCRE. O site permite buscar o extrato INSS por período.

>Aumento do teto do INSS em 2021: Veja o que deve mudar no valor das aposentadorias e pensões

O mesmo vale para os descontos. No caso do empréstimo consignado existe um relatório específico: o Extrato de Empréstimo Consignado ou HISCON que também pode ser acessado gratuitamente, da mesma forma.

Outra forma de conferir se há descontos indevidos no benefício INSS é consultando o saldo bancário. Esse valor irá revelar o que foi recebido. No entanto, para o detalhamento é recomendável consultar o extrato INSS. Essa verificação, além de permitir saber o valor que será recebido no mês também pode prevenir fraudes.

Saiba agora o que fazer se identificar algum erro no pagamento.

>INSS emite alerta e explica como receber a antecipação do BPC e Auxílio-doença

O que fazer ao descobrir os descontos indevidos?
Minha aposentadoria veio no valor errado. O que devo fazer? O primeiro ponto é realmente confirmar se ocorreu algum equívoco ou divergência. Feito isso, o segurado deve fazer uma solicitação junto ao INSS.

>Projeto cria novo Programa Social para todas as idades e prevê BPC de 1.045 pelo INSS

Com informações do Bxblue

Veja mais