Auxílio emergencial: Caixa aprova 5 milhões de pessoas que estavam na fila e libera valor

Auxílio emergencial: Caixa aprova 5 milhões de pessoas que estavam na fila e libera valor
Auxílio emergencial: Caixa aprova 5 milhões de pessoas que estavam na fila e libera valor | © Reuters

Auxílio emergencial: Caixa aprova 5 milhões de pessoas que estavam na fila e libera valor

O Ministério da Cidadania informou nesta sexta-feira (dia 12) que autorizou à Caixa Econômica Federal a pagar a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 num lote extra para 4,9 milhões de pessoas que aguardavam a análise dos cadastros na fila da Dataprev e foram consideradas elegíveis.

Ao todo, foram analisados 8,9 milhões de requerimentos realizados no sistema da Caixa entre os dias 1º e 26 de maio.

++Golpe que rouba Auxílio Emergencial da conta se espalha na internet

Os profissionais beneficiados se inscreveram para ter o auxílio de R$ 600 no aplicativo Caixa | Auxílio Emergencial ou no site auxilio.caixa.gov.br entre os dias 1º e 26 de maio, informou a Cidadania. Para saber se terá o dinheiro, basta conferir no aplicativo ou no site.

Para ter a grana, o trabalhador precisa se encaixar em regras do governo, que incluem critérios de idade e renda, por exemplo.

++Saiba como consultar lista de beneficiários do auxílio emergencial

O pagamento dos valores será feito na terça-feira, 16 de junho, e na quarta-feira (17), por meio da poupança digital da Caixa, segundo informações do Ministério da Cidadania. A grana é liberada conforme o mês de aniversário do trabalhador.

Veja as datas de pagamento:

Dia da liberação Mês do aniversário
Terça-feira (16) Para nascidos de janeiro a junho
Quarta-feira (17) Para nascidos de julho a dezembro

++Caixa pagará auxílio emergencial na sexta e no sábado

As pessoas que ainda não conseguiram ser aprovadas têm dois caminhos: contestar a resposta no aplicativo ou no site, ou se se inscrever novamente para ter o benefício. No caso de quem escolher fazer a contestação, é preciso ter muito cuidado, pois só é possível contestar uma única vez.

Se o usuário errou algum dado na hora de enviar o pedido, é possível fazer nova solicitação. Neste caso, é o mais indicado. O total a ser pago neste lote, que é o terceiro referente à primeira parcela, é de R$ 3,1 bilhões, segundo a Cidadania.

Veja mais