Bahia tem casos de outra doença que pode ser provocada pelo Zika vírus; saiba qual

Saiba mais sobre o caso

Autor: Redação

Publicada em


A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) confirmou dois casos de Síndrome Guillain-Barré na Bahia. De acordo com a Sesab, a síndrome pode ser causada por diversos vírus, entre eles, o Zika e o Epstein Barr. Os pacientes estão internados no Hospital Couto Maia, em Salvador, um com quadro de saúde estável e outro que requer cuidados especiais.

  • Já viu as vagas de emprego hoje? Clique aqui e confira

Uma portaria do Ministério da Saúde afirma que a síndrome é a maior causa de paralisia flácida generalizada no mundo. A doença tem caráter autoimune e acomete os nervos periféricos de forma aguda e subaguda, segundo o Ministério.

Ainda de Acordo com a portaria do Ministério da saúde, a doença usualmente progride por 2 a 4 semanas. Pelo menos 50% a 75% dos pacientes atingem seu nadir na segunda semana, 80% a 92% até a terceira semana e 90% a 94% até a quarta. A mortalidade nos pacientes com SGB é de aproximadamente 5% a 7%, geralmente resultante de insuficiência respiratória, pneumonia aspirativa, embolia pulmonar, arritmias cardíacas e sepse hospitalar. Segundo o Ministério.