Beneficiários do Bolsa Família terão que fazer atualização para não perder o benefício

Autor: Leandro Souza

Publicada em


Fonte: Secom/PMVC

Todas as famílias beneficiadas pelo Programa Bolsa Família receberão mensagem nos extratos de pagamento a respeito da convocação para atualizarem suas informações. Isso porque vai começar o processo de revisão cadastral deste ano. As famílias beneficiadas que não atualizarem seus dados terão os benefícios cancelados.

As mensagens dos extratos também vão alertar as família sobre o combate ao trabalho infantil, informando que as crianças não devem trabalhar, ressaltando que as vivências que são próprias da infância contribuem decisivamente para o seu desenvolvimento e trajetória.

Atualização de informações

É preciso ter muito cuidado, pois todos sabem que as famílias que recebem o Bolsa Família devem sempre atualizar os dados cadastrais. A cada dois anos, é necessário fazer esse procedimento, pois é obrigatório. Então fique atento e não perca esse prazo. A renovação do endereço, escola, renda e novos membros do núcleo familiar é considerado importante pelo MDS.

Fique atento a um aviso sobre a atualização cadastral que virá no extrato do Bolsa Família deste mês de junho. Se a atualização cadastral não for realizada dentro do prazo, a pessoa pode ficar com o auxílio financeiro retido e não pode sacar o valor. E se alguma irregularidade for encontrada na atualização cadastral, a família é imediatamente desligada do programa.

Ao realizar a atualização, é importante você passar as informações corretas, pois um detalhe as vezes acaba pegando muita gente injustamente. E para não se tornar mais uma vítima, é muito importante deixar as informações cadastradas no CadÚnico corretas. Qualquer mudança na condição familiar também precisa ser informada, inclusive a troca da criança de escola.

Se o seu Bolsa Família foi cortado, não fique desesperado. Procure a Secretaria de Desenvolvimento Social ou o Cras de sua cidade e verifique a situação do benefício. Em muitos casos, é possível reverter a situação e voltar a receber o dinheiro, após a correção dos dados.

O que acontece com as famílias que descumprem os compromissos do Bolsa Família?
O Programa Bolsa Família aplica efeitos gradativos, começando com uma advertência, que não afeta o recebimento do benefício. Quando o descumprimento se repete em um período de até seis meses, há o bloqueio, que impede que as famílias recebam o benefício por um mês, embora esse valor possa ser sacado depois. Se, após o bloqueio, houver novo descumprimento em até seis meses, o benefício fica suspenso por dois meses, sem possibilidade de a família reaver essas parcelas. O efeito mais grave é o cancelamento do benefício, mas isso é uma exceção, pois o descumprimento dos compromissos do programa de forma reiterada pode ser um sinal de que a família está em maior vulnerabilidade. Assim, famílias nessa situação só podem ser desligadas do Bolsa Família depois de passarem por acompanhamento pela área de assistência social no município. O processo segue regras específicas da gestão de condicionalidades.