Bolsa Família: Dilma avalia novas alternativas para reajuste

Autor: Simões Filho online

Publicada em


Está prevista uma elevação de R$ 1,1 bilhão no orçamento do programa em relação ao ano de 2015. No entanto, o governo ainda faz contas para definir como usará a verba nas ações do programa que atende 13,9 milhões de famílias. Não está definido, por exemplo, se será um aumento linear. Se isso ocorrer, o benefício básico mensal por pessoa passará dos atuais R$ 77 para cerca de R$ 80.

O Governo, ao determinar o valor que sua família terá direito a receber, considera diversos fatores.  Vamos saber mais sobre o que é levado em consideração na hora de calcular o Bolsa Família 2016. Não deixe de também se informar sobre o Calendário Bolsa Família 2016.

  • Quantidade de pessoas: quanto mais pessoas fizerem parte de sua família, maior será o benefício recebido, já que isso significa maiores gastos com alimentação, moradia, saúde, transporte, entre outros.
  • Idade dos membros: o Governo também leva em consideração a idade dos membros de sua família.
  • Renda: são avaliados dois tipos de renda para o cálculo do benefício. A renda de cada membro e a renda total da família. Quanto menor forem essas rendas, maior será o benefício.
  • Localização: o Bolsa Família 2016 também depende do município no qual a família reside.
  • Grupo especial: famílias que contém membros que fazem parte do chamado “grupo especial” também recebem mais. No caso, são gestantes, mães que estão amamentando, crianças e jovens com até 17 anos.

Como vimos, é impossível determinar o valor do Bolsa Família 2016 com base nos benefícios de anos anteriores, já que as condições apresentadas na lista acima podem mudar a qualquer momento. No entanto, é possível ter uma média dos benefícios distribuídos através de uma informação divulgada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS): em 2015, o valor do benefício variou de R$ 143,57 a R$ 236,47. Tudo indica que o Bolsa Família 2016 deve sofrer reajustes para mais.

O benefício é transferido para a família participante mensalmente. A data de pagamento, no entanto, pode variar de um mês para o outro. Por isso, recomendamos que você consulte sempre o Calendário de Pagamentos do Bolsa Família.