Bolsa Família: segue até o dia 31 o pagamento de até R$ 188 reais

Autor: Carla Silva

Publicada em


Foto: Mauro Vieira

O pagamento do Bolsa Família deste mês de julho começou nesta quinta-feira (18/07) e segue até o próximo dia 31. No total, mais de R$ 2,6 bilhões estão sendo transferidos para 13,8 milhões de famílias pobres e extremamente pobres em todo o país. O valor médio do benefício é de R$ 188,51.

Como em todos os meses, o repasse é realizado de acordo com o Número de Inscrição Social, o NIS, impresso no cartão. Aqueles que terminam com final 1 podem sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia e assim por diante. Os recursos ficam disponíveis para saque por um período de três meses.

Calendário do Bolsa Família de Julho

  1. Cartão com Final do NIS 1 – Recebe pagamento em 18/07
  2. Cartão com  Final do NIS 2 – Recebe pagamento em 19/07
  3. Cartão com  Final do NIS 3 – Recebe pagamento em 22/07
  4. Cartão com  Final do NIS 4 – Recebe pagamento em 23/07
  5. Cartão com  Final do NIS 5 – Recebe pagamento em 24/07
  6. Cartão com  Final do NIS 6 – Recebe pagamento em 25/07
  7. Cartão com  Final do NIS 7 – Recebe pagamento em 26/07
  8. Cartão com  Final do NIS 8 – Recebe pagamento em 29/07
  9. Cartão com  Final do NIS 9 – Recebe pagamento em 30/07
  10. Cartão com  Final do NIS 0 – Recebe pagamento em 31/07

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, ressalta que o governo está empenhado em garantir oportunidades para garantir que as famílias possam superar a pobreza, principalmente promovendo ações de inclusão social e produtiva dos jovens, seja por meio de parcerias ou por meio do Plano Progredir, que oferece acesso ao empreendedorismo, à qualificação profissional e ao mercado de trabalho.

“Temos 4,6 milhões de jovens filhos do bolsa Família, entre 18 e 29 anos, que nem trabalham, nem estudam no Brasil. Isso é uma tragédia social. Então, nós estamos querendo levar cursos de qualificação em parceria com o Sistema S como um todo, para apoiar na melhoraria de vida dessas famílias”, analisou Osmar Terra.

Além disso, o Bolsa Família garante o acesso dos beneficiários a outras políticas públicas, como é o caso do Criança Feliz, leva orientações sobre como estimular o desenvolvimento cognitivo, afetivo e motor das crianças com o objetivo de ajuda-las a superar a pobreza no futuro. Até o momento, cerca de 700 mil crianças e gestantes já foram atendidas.