Próximo pagamento do PIS 2017 sai até dia 14 – Veja no calendário

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


 

O pagamento do abono salarial calendário PIS 2017/2018 para os trabalhadores brasileiros já começou  a ser pago pela Caixa Econômica Federal. A próxima remessa será pago no dia 14 de setembro. Os valores variam de R$ 79 a R$ 937, conforme o tempo de trabalho durante o ano passado. Ao todo, serão disponibilizados R$ 1.345.868.159,00 para 1.891.031 de trabalhadores neste mês de agosto.

Os titulares de conta individual na Caixa com saldo acima de R$ 1,00 e movimentação receberam o crédito automático desde a última terça-feira (15).

Os pagamentos do PIS 2017 e 2018, que são realizados conforme o mês de nascimento do trabalhador, tiveram início em julho. Os recursos de todos os beneficiários ficam disponíveis até 29 de junho de 2018. A Caixa disponibiliza R$ 15,7 bilhões para 22,1 milhões de beneficiários em todo o calendário.

O que é o PIS?

PIS é a sigla usada para Programa de Integração Social. O Programa de Integração Social (PIS) é um abono salarial oferecido anualmente ao trabalhador que exerce atividade remunerada registrada na carteira de até dois salários mínimos. Para ter acesso ao benefício, o cidadão deve ter registro no PIS por pelo menos cinco anos e assinatura na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CPTS) durante todo esse período.

Quem pode receber o PIS 2017/2018?

As exigências para receber o PIS – Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias  com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados estejam corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), ano-base.

Qual valor a receber?

O valor do Calendário PIS 2017 a ser recebido é proporcional ao número de meses trabalhados. Só receberá o valor integral de 937,00 reais quem trabalhou os 12 meses do ano interior. Dessa forma, se uma pessoa X trabalhou 5 meses no ano base, vai receber apenas o proporcional a 5 meses do PIS completo que seria o total de um salário mínimo. Nesta mesma lógica, quem trabalhou apenas 1 mês vai receber apenas 1/12 e assim por diante. Só vai receber o valor total disponível (1 salário mínimo), quem trabalhou o ano base completo.

Veja a seguir o valor a ser recebido de acordo com os meses ou dias trabalhados.

Quem trabalhou um mês receberá R$ 79,00; 2 meses, R$ 157,00; 3 meses, R$ 235,00; 4 meses, R$ 313,00; 5 meses, R$ 391,00; 6 meses, R$ 469,00; 7 meses, R$ 547,00; 8 meses, R$ 625,00; 9 meses, R$ 703,00; 10 meses, R$ 781,00; 11 meses, R$ 859,00; e, por fim, quem trabalhou todos os 12 meses do ano base receberá R$ 937,00.

Como sacar?

O trabalhador que possui Cartão Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica, a um ponto de atendimento CAIXA Aqui ou aos terminais de autoatendimento da CAIXA. Caso não tenha o Cartão Cidadão, o valor pode ser retirado em qualquer agência da CAIXA, apresentando o documento de identificação.

Veja calendário do PIS 2017/2018

O valor do benefício pode ser consultado no Aplicativo Caixa Trabalhador, no site da Caixa (site) ou pelo Atendimento Caixa ao Cidadão: 0800 726 0207.