Abono PIS 2016 pode ser sacado na quinta-feira – Confira o Calendário

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


O novo calendário para o pagamento do PIS 2016 e 2017 já está disponível na página da internet da Caixa Econômica Federal (CEF). Os trabalhadores poderão sacar o abono salarial do PIS 2016 a partir de quinta-feira (28), segundo informou o Ministério do Trabalho (MTE). O novo período de saque seguirá até junho de 2017. A estimativa do Ministério do Trabalho é que sejam repassados R$ 14,8 bilhões a a 22,3 milhões de pessoas quem tenham direito ao abono PIS 2016.

Veja ao fim desta reportagem as tabelas com o cronograma de pagamento do PIS 2016 e PASEP 2016.

Novas Regras do PIS 2016

Neste ano ,o abono salarial traz novas regras, que foram sancionadas em junho de 2015. Pela nova determinação, o beneficiário vai receber de acordo com os meses trabalhados. Para ganhar o valor integral, é preciso ter trabalhado os 12 meses. Caso a pessoa tenha trabalhado menos meses, vai receber o valor proporcional. A quantia integral do abono salarial é de um salário-mínimo, ou seja, R$ 880,00. Sendo assim, o valor a ser recebido não é mais 1 salário mínimo e sim proporcional aos meses efetivamente trabalhados, exemplo R$ 880,00 salário mínimo, se a pessoa trabalhou 4 meses em 2015 receberá R$ 293,34, se trabalhou 5 será R$ 366,66 e assim por diante.

Tem direito ao PIS 2016, o trabalhador que:

– estar cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos;
– ter recebido remuneração mensal média de até 2 salários mínimos;
– ter exercido trabalho remunerado por pelo menos 30 dias;
– ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais

  • Ter pelo menos 5 anos de cadastro no PIS,
  • Ter trabalhado pelo menos 30 dias no ano base
  • Ter recebido remuneração mensal média de até 2 salários mínimos,

PIS 2016 e Pasep 2016

O governo lembrou que o Programa de Integração Social (PIS) e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) são contribuições sociais de natureza tributária, devidas pelas pessoas jurídicas, com objetivo de financiar o pagamento do Seguro-Desemprego e Abono Salarial. De acordo com o Ministério do Trabalho, o PIS é destinado aos funcionários de empresas privadas regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e o Pasep é devido aos servidores públicos. Segundo os números oficiais, em todo o Brasil foram identificados 23,6 milhões de trabalhadores com direito a receber o PIS 2016.

– Antes de sacar o PIS, o trabalhador deverá verificar se o benefício não foi depositado diretamente na conta. Caso contrário, deve comparecer com o Cartão do Cidadão e senha cadastrada nos terminais de autoatendimento da Caixa ou em uma Casa Lotérica. Se não tiver o Cartão do Cidadão, o beneficiado pode receber o abono em qualquer agência da Caixa mediante apresentação de um documento de identificação.

Veja a tabela do PIS 2016

Veja Calendário de pagamento do PIS 2016:

Veja Calendário de pagamento do PASEP 2016: