Camaçari vai inaugurar Restaurante Popular em dezembro

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Na tarde de segunda-feira (30/05), o prefeito Ademar Delgado assinou a ordem de serviço para instalação do Restaurante Popular de Camaçari. O equipamento irá funcionar no antigo Camelódromo, na rua Castro Alves, no Centro. A obra de adequação do espaço começa em junho e deve ser finalizada em seis meses.

Na ocasião, o prefeito Ademar Delgado ressaltou a importância do projeto para a geração de emprego e renda. “A instalação do Restaurante Popular é a realização de um sonho. Não é só construir, mas colocar para funcionar. Será um presente de Natal para a população”, disse o gestor do Município, ao informar que o espaço funcionará de segunda a sexta-feira, das 11h às 15h.

Durante a cerimônia, a secretária de Governo, Jailce Andrade, salientou a importância de a obra começar a ser executada o quanto antes e parabenizou o prefeito Ademar Delgado pela iniciativa. “O Restaurante Popular de Camaçari trará um resultado positivo para o Município, no aspecto social e econômico”, lembrou a titular da Segov, ao enfatizar que esse projeto é um sonho que vem sendo alimentado desde 2009, quando foi titular da Sedes (Secretaria do Desenvolvimento Social).

De acordo com o atual secretário do Desenvolvimento Social, José Hélio dos Santos, o espaço será todo reestruturado e ampliado para atender a demanda do projeto. A intervenção representa um investimento de mais de R$ 3 milhões, fruto de convênio firmado entre a Prefeitura e o governo federal, através do MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome). A obra contará com apoio da Seinfra (Secretaria da Infraestrutura) e da Sesp (Secretaria dos Serviços Públicos).

ESTRUTURA
Em uma área de 2.663,30 metros quadrados, o Restaurante Popular de Camaçari será dividido em dois pavimentos, térreo e subsolo, ambos climatizados. A estrutura do primeiro contará com salão de refeição com 330 lugares e com capacidade de oferecer 1.500 refeições diárias, além de duas rampas de distribuição de refeição, banheiros, espaço para higienização e armazenamento de utensílios do salão de refeição, sala de nutricionista, sala de administração, câmaras frias, bilheteria, casa de gás e uma área de produção.

O pavimento inferior vai abrigar a área de carga e descarga, armazenamento, recepção, triagem e conferência de matéria-prima, abrigo de resíduos, dispensa seca, depósito de descartáveis, duas câmaras frias, uma de resfriamento e outra de congelamento e sala de pré-lavagem. Além disso, terá uma casa de gás e higienização de funcionários dentre outras. O projeto atende as normas da vigilância sanitária e o local contará ainda com adaptações de acessibilidade.