CAPES disponibiliza 102 vagas para capacitação no Canadá

Autor: Redação

Publicada em


CAPES disponibiliza 102 vagas para capacitação no Canadá – Reprodução

 

Foi iniciada nesta terça-feira (04/03) pela CAPES, a segunda fase do processo de seleção do Programa de Desenvolvimento Profissional de Professores da Educação Básica no Canadá. Após análise técnica dos 918 projetos apresentados pelos candidatos, eles passaram pela avaliação de mérito. A comissão ad hoc instituída pela CAPES com esta finalidade é composta por 25 membros.

Ítalo Curcio, coordenador do curso de Pedagogia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, trabalha há mais de 40 anos na formação de professores e destacou o trabalho da CAPES voltado para a os ensinos fundamental e médio.

“Eu vejo com bons olhos o que a CAPES está propondo nos diferentes programas que estão preocupados com a formação do professor da educação básica. É mais uma oportunidade que esses professores que atuam na educação básica terão para poder adquirir experiências e verificar aquilo que está sendo feito em outros países”, disse Curcio.

O professor Ricardo Cruccioli, aluno egresso da primeira turma do programa em 2019, também é um dos avaliadores dessa nova etapa. Ele lamenta que muitos profissionais ainda não conseguem financiar uma formação continuada e destacou a importância da CAPES com essa iniciativa.

“É uma oportunidade para que essas pessoas tenham condições de dar continuidade na formação, o que elas não conseguiriam sem esse apoio. A CAPES é fundamental nesse processo e certamente está fazendo a diferença na vida profissional de muitos professores”, afirmou Cruccioli.

Capacitação

O curso é promovido pelo Colleges and Institutes Canada (CICan). Serão disponibilizadas 102 vagas por meio do edital nº 31/2019 para a capacitação, durante oito semanas, em língua inglesa e metodologias de ensino, aprendizagem e avaliação. A ideia é que esses professores sejam multiplicadores do conhecimento adquirido no exterior.

Os selecionados terão direito à passagem aérea internacional de ida e volta; ajuda de custo; seguro-saúde; deslocamento no trajeto aeroporto-universidade-aeroporto, curso de formação, material didático e alojamento.

O resultado final dos selecionados será publicado até 15 de abril e o início do curso está previsto para junho deste ano.