Carro inteligente produzido por empresa brasileira é surpreendente

Autor: Redação

Publicada em


Carro inteligente produzido por empresa brasileira é surpreendente
Carro inteligente produzido por empresa brasileira é surpreendente

Carro inteligente produzido por empresa brasileira é surpreendente.

Carros elétricos já são realidade em todas as regiões do Brasil. Caracterizados como veículos urbanos, compactos, econômicos, sustentáveis e 100% movidos a eletricidade, os automóveis da linha e.coTech e ecocargo, por exemplo, tiveram projetos realizados pela Start Up brasileira Hitech Electric e ajudam a diminuir a poluição ambiental.

Embora o número de veículos elétricos circulando nas ruas do Brasil ainda seja escasso, várias cidades já foram contempladas com a novidade a exemplo de Paraná, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Curitiba, Fortaleza, Rondônia, Brasília, Porto Velho e, recentemente, Salvador. Segundo previsão da Boston Consulting Group (BCG), os veículos elétricos vão representar 5% da frota brasileira em 2030.
Os carros elétricos são para diversos perfis de público. No entanto, são mais comuns entre as pessoas que têm a sustentabilidade como um estilo de vida.

Dentre os benefícios ecológicos, destacam-se:

– Menos poluição sonora;
– Não emissão de gases poluentes;
– Uso de energia limpa e renovável;
– Rendimento de até 90% em comparação ao carro comum.

Além dos benefícios ambientais, um carro elétrico pode ser mais atrativo financeiramente do que os carros convencionais. De acordo com estimativa da Hitech Electric, em um ano, o motorista pode ter uma economia de R$10 mil, entre combustível e manutenção.

Impactante

O CEO da Hitec Eletric, o engenheiro mecânico Rodrigo Contin, explica que “todo o desenvolvimento do projeto é feito localmente, seguindo as diretrizes do Brasil.” A startup responsável pelo projeto já conta com quatro modelos homologados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para emplacamento e permissão para trafegar exclusivamente em vias urbanas.

Para Contin, o e.coTech é impactante, pois representa uma quebra de paradigma, uma vez que a produção não depende de grandes montadoras. “São os novos rumos da mobilidade. A gente sabe que é um caminho sem volta, cabe a nós ser mobilizadores dessa tecnologia. É motivo de muito orgulho”, afirma o CEO. Ao contrário dos veículos comuns, o e.coTech2 não tem motor movido a combustão. A bateria pode ser recarregada em tomadas convencionais de três pinos de 110 ou 220V, o que dispensa postos de reabastecimento. Assim, uma carga de cinco horas garante a mobilidade de 100km/dia e uma economia significativa com combustível. As vantagens vão além do consumo consciente. Por não ter escapamento, o veículo é extremamente silencioso – o que contribui no combate também à poluição sonora no trânsito.

Para a sócia-diretora da EcoKar e representante da Hitech Electric na Bahia, a arquiteta e urbanista Milene Kalid, a chegada dos carros elétricos é um movimento consciente que vai ficar como fruto para as próximas gerações. “É a realização de um sonho, significa muito para mim como arquiteta e pessoa”, conta Kalid.
Fonte: E+B Educação | Brenda Chérolet