Casal é morto por bandidos em Salvador após elogiar ação da PM

Autor: Correio

Publicada em


Mônica de Jesus, 34 anos, e seu marido Antônio Sérgio Sacramento, 45, foram assassinados na noite de domingo, dentro de um bar no Arenoso. Segundo a Polícia Civil, o casal foi baleado na Rua Direta do Arenoso, por volta das 22h. O caso é investigado pela 2ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A suspeita é de que o casal foi morto porque Mônica elogiou e defendeu para os vizinhos a atuação da Polícia Militar em uma troca de tiros entre policiais e criminosos ocorrida na tarde da sexta-feira no bairro. Ainda de acordo com a Polícia Civil, os próprios agentes do DHPP ouviram relatos de testemunhas que confirmam que a mulher comemorou o ato da PM.

As informações são checadas pelo delegado Reinaldo Mangabeira. Segundo o major Raimundo Guerra, da 23ª Companhia Independente de Polícia Militar (Tancredo Neves), um grupo de dez  pessoas recebeu a tiros os policiais da 23ª CIPM, o que provocou o confronto.

A guarnição pediu reforço da Rondesp para prestar socorro aos cinco homens baleados durante a ação — quatro suspeitos e um policial. Todos foram encaminhados para o Hospital Geral Roberto Santos. Os quatro suspeitos não resistiram aos ferimentos e morreram. O policial, que não teve a identidade revelada, foi medicado e liberado.