Cenário de abandono deixa moradores desacreditados em Simões Filho

Autor: Débora Souza

Publicada em


Aproximando-se do nono mês no comando de Simões Filho, o prefeito Diógenes Tolentino (PMDB) ainda não conseguiu fazer com que a “engrenagem” da cidade funcione. A população sofre diariamente com uma série de problemas. Um exemplo, é dos moradores do Bairro do Cia 1, quadra 4, que reclamam do acúmulo de lixo as margens de um campo de futebol. Além dos resíduos, o local apresenta mato alto e sinais de total abandono pelo poder publico, o que deixam desacreditados da nova gestão.

Uma área que poderia ser um ambiente de lazer para os moradores da localidade, tem sido espaço somente de banquete para urubus, pois no local existe um absurdo acúmulo de lixo que só aumenta os riscos de aparecerem baratas, ratos e outros animais transmissores de doenças, além de objetos que podem acumular água, aumentando também o risco de proliferação do mosquito da dengue. Os moradores ainda sofrem com forte odor, que  ultrapassa as casas trancadas e chega a ser insuportável. A quantidade de lixo chega a impressionar quem passa pelo local.

De acordo com a moradora Sheila Santos, falta de atenção ao bairro. “Mas uma vez venho pedi ao prefeito Dinha, que olhe por nós moradores. Olha como se encontra a situação deste bairro. Prefeito aqui mora gente. Vamos divulgar esta foto para quem sabe chegue até o prefeito, e que ele possa fazer alguma coisa para nos ajudar”, disse Sheila.

Segundo apuração da reportagem do Simões Filho Online, o problema se ocasiona por falta de fiscalização seria da gestão municipal,  por não dispôr da coleta regular de lixo, pelo menos nesses últimos meses, a sujeira e o mau cheiro ficam expostos, deixando uma imagem de total abandono pela gestão do PMDB.