VEJA VÍDEO: Clima fica tenso entre Governador Rui Costa e Prefeito de Simões Filho

Autor: Redação

Publicada em


Foto: Simões Filho Online

O evento de assinatura de Ordem de Serviço da Policlínica, que aconteceu na manhã dessa segunda-feira (12/3), foi marcado por diversas manifestações e um embate entre o Prefeito e o Governador.

Um grupo de funcionários da prefeitura, alem de moradores, que estavam concentrado na frente da plateia com os ânimos bastante alterados, gritavam, vaiavam e proferiam palavras ofensivas ao governador Rui Costa, que incomodado com a situação virou-se para o prefeito Dinha (que estava sentado ao seu lado) e disse que se algo acontecesse alí ele(Dinha) seria responsabilizado. O prefeito por sua vez, não muito satisfeito com o comentário de Rui e com a intervenção do Senador Otto Alencar que também cobrou um posicionamento do gestor municipal, levantou, e dirigiu-se ao microfone para  tentar acalmar a situação.

 “O povo de Simões Filho é ordeiro e cordial, o governador me chamou e disse que se tivesse confusão eu seria responsabilizado. Não vai haver confusão porque sabemos nos comportar, eu nunca fugir das minhas responsabilidades, quero pedir nesse ato administrativo que todos ouçam sem vais e sem nenhum comportamento que venha distorcer a nossa imagem”, solicitou o prefeito enquanto tentava apaziguar a situação.

Em vídeo gravado pelo Simões Filho Online é possível ver o momento em que Rui e Dinha discutiram.

O embate politico continuou durante os discursos e na oportunidade o prefeito Dinha alfinetou Rui Costa.  “Desde quando assumi a gestão da cidade sempre procurei trabalhar de forma transparente fazendo valer o interesse do povo, não estou aqui  para dar lugar ao sentimento de orgulho, de vaidade, ou interesse partidário.Todos sabem que eu sou simpatizante do projeto politico de ACM Neto, mas nem isso é suficiente para tirar a oportunidade de estar ao lado da autoridade máxima do Estado, e dizer que o povo de Simões Filho sofre governador “, alfinetou o prefeito.

Rui Costa por sua vez ao discursar parabenizou o prefeito pelas cobranças e salientou que o mesmo deve também fazer constantes visitas a Brasília para cobrar recursos para a cidade ao  presidente Michel Temer (PMDB) cujo partido é o mesmo do gestor municipal. Segundo Rui, muitas obras estão deixando de ser feitas em toda Bahia devido aos cortes de verbas impostos pelo Governo Federal e citou o exemplo da obra de Saneamento Básico para Simões Filho, que já está em processo de licitação e teve verbas cortadas pelo Governo Federal e mesmo assim será executada pelo Estado.

O evento terminou com entrevista coletiva do governador aos meios de comunicação que e anunciou obras de reforço do abastecimento de água com investimentos de  26 milhões e a abertura de licitação do VLT, que saíra do Comercio até Simões Filho.