Com 18 mortes, novembro já é o mês mais violento do ano em Simões Filho

Simões Filho já registrou 108 homicídios em 2015. Mês de novembro é o mais violênto do ano.

Autor: Jerffeson Brandão - Simões Filho Online

Publicada em


Somente no mês de novembro de 2015, foram registrados 18 homicídios em Simões Filho. A quantidade de mortes violentas é a maior se comparada aos dez meses anteriores do ano. Somente nos primeiros oito dias do mês foram registrados cinco assassinatos na cidade. Essa conclusão é feita com base nos dados disponíveis pela SSP-BA (Secretaria de Segurança Pública da Bahia), cujas estatísticas de crimes estão disponíveis desde 2014.

O recorde de casos também se dá se compararmos os dados desse ano, com o mesmo mês no ano anterior. Em 2014, foram registrados 14 casos de mortes violentas no mês de novembro em Simões Filho. Naquele ano, junho e julho foram os meses mais violento, com 15 assassinatos cada.

Em 2015, os dados também mostram que Simões Filho já registrou 108 homicídios, de acordo com dados disponíveis pela Secretaria de Segurança Pública.

Casos – A primeira morte ocorreu logo no terceiro dia do mês, terça-feira. Um homem foi encontrado dentro de um porta malas, conforme a Stelecom, a vítima aparentava ter idade entre 30 e 40 e foi encontrada com marcas de tiro na cabeça.

Três dias depois, na noite de uma sexta-feira (6), por volta das 23:30, um crime chocou a população da cidade. Mãe e filha foram mortas a tiros após briga com vizinha. De acordo com a Polícia, o irmão da vizinha, chegou em casa no momento e viu a confusão – atirando diversas vezes. Magna foi atingida com dois tiros na lateral da cabeça, e morreu na hora. Já sua filha, identificada como Letícia Barbosa de Jesus, tentou defender a mãe e também foi atingida na cabeça. Ela chegou a ser levada para o hospital municipal de Simões Filho e e depois transferida para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu e veio a óbito. Saiba mais.

No dia (08), um domingo, Jailton dos Santos Lima, 23 anos, e Claudinei Possidônio dos Santos, 19 anos, foram mortos a tiros no Jardim Renatão, que fica à margem da BA-093.

No dia seguinte, mas dois homicídios foram registrados. Um jovem identificados como Flávio Santos de Jesus e um adolescente de iniciais I. S. D. C. foram mortos a tiros. O crime ocorreu no Tiro Seguro, atrás da quadra de esportes.

Alguns dias depois, domingo (15), o irmão da Vereadora de Simões Filho, Miriam Prazeres e da Secretária Municipal de Políticas Públicas e Promoção à Mulher, Miralva Prazeres, foi assassinato em uma localidade conhecida por Oiteiro, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Eliel Prazeres da Silva, de 38 anos foi atingido por seis disparos de arma de fogo em várias partes do corpo, Eliel chegou a ser socorrido por populares para o Hospital Municipal de Simões Filho, más não resistiu aos ferimentos e morreu. Saiba mais.

Esse foram apenas os primeiros crimes do mês. Já neste último sábado (28), um homem de identidade não informada, foi morto na Rua da Amizade, na Quadra 4, Bairro Cia II. Veja outras notícias de Simões Filho

Segundo a Polícia, as motivações dos crimes são variadas. Dentro dos crimes que ocorreram, a Polícia Civil já identificou algumas autorias, já tem trabalhado em algumas prisões, para trazer uma resposta imediata para esses números que não são considerados normais para a cidade neste mês.