Comando da PM elenca os cinco bairros mais violentos de Simões Filho

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Ao defender uma política de policiamento comunitário para um trabalho com mais efetividade na questão de prevenção a criminalidade, durante coletiva de imprensa na manha desta sexta-feira (10), o novo Comandante da Polícia Militar, Major Fábio Dias, em 30 dias no Comando da Corporação, elencou cinco bairros mais violentos que deverá concentrar e ampliar esforços para minimizar casos de homicídios e tentativas de assassinatos em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador.

De acordo com o Major Dias, Comandante da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), 90% dos homicídios estão ligadas a guerra de tráfico em Simões Filho por espaços nas comunidades. “Enquanto houver demanda; haverá tráfico e nós precisamos manter o controle”, disse.

De acordo com dados oficiais da Secretaria de Segurança Pública (SSP), em 70 dias, deste ano, 30 homicídios já foram registrados em Simões Filho. No último final de semana, o município registrou três homicídios, liderando dessa forma, casos de crimes dolosos da RMS.

Ainda de acordo com o Comandante, 90% dos casos de assassinatos, a vítima não morre inocente, os outros 10% estão ligados a crimes passionais. Ele sinalizou ainda a falta de qualidade no lazer das pessoas na cidade. “O que vemos aqui a noite é paredão, som alto, consumo de bebidas e drogas”, declarou.

O Comandante defende as ações com a comunidade na perspectiva de minimizar os índices de violência e o trabalho de conscientização com a população com relação ao papel da PM de prevenir a criminalidade e esclareceu que após o crime, a responsabilidade passa para a Polícia Civil.

Segundo os dados levantados pela PM, os cinco bairros/localidades mais violentos de Simões Filho atualmente são: Fazenda Nova, Paulo Souto, Ponto Parada, Coroa da Lagoa e Riacho Doce. O Major explicou ainda que dentro do programa ‘Pacto pela Vida’, ocorrem reuniões semanais que envolvem os Comandantes e Coronéis com o Secretário da Segurança Pública.

Cinco bairros/localidades mais violentos de Simões Filho