Comércio é o setor que mais gera vagas de emprego em Simões Filho; Veja Ranking

Autor: Redação

Publicada em


Foto: Arquivo/Simões Filho Online

Todos os dias vivenciamos e usamos vários tipos de serviço, como transações bancárias, comércio, transporte, restaurantes e salão de beleza, entre outros. Esses setores, que correspondem à venda de produtos e aos serviços comerciais oferecidos à população, são os que mais geram emprego e renda na economia de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Números

Simões Filho registrou, em novembro deste ano, a criação de apenas 7 empregos formais – um resultado tecnicamente ruim para o município. Em compensação, de janeiro a novembro do ano corrente, a cidade gerou 1.823 novos postos de trabalho. Os números foram divulgados na noite da última quinta-feira (22/12) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

Rankinng em Simões Filho

Como aconteceu em nível nacional, o setor do comércio foi o que mais contribuiu para o resultado positivo observado durante o ano em Simões Filho, com a criação de 1.097 ocupações formais (carteira assinada). O setor de serviços, por sua vez, gerou 397 postos de trabalho e o segmento da indústria foi responsável pela criação de 179 empregos formais. Já a Construção Civil gerou 141 vagas de trabalho.

1º Comécio – 1.097
2º Serviços – 397
3º Indústria – 201
4º Construção Civil – 141
5º Extrativa Mineral – -6
6º Agropecuária – -2

Em dezembro, a expectativa é que os números sejam ainda mais positivos, sobretudo em função do Natal, Réveillon e a Vila Natalina, que deve movimentar algo em torno de R$ 20 milhões na economia da cidade.