Como emagrecer comendo de tudo? Nutricionista dá dicas infalíveis

Como emagrecer comendo de tudo? Nutricionista dá dicas infalíveis
Como emagrecer comendo de tudo? Nutricionista dá dicas infalíveis

Como emagrecer comendo de tudo? Nutricionista dá dicas infalíveis.

A nutricionista garantiu que é possível emagrecer comendo de tudo, desde que haja consciência do que, quando e quanto comer, e mudando alguns hábitos do dia a dia. Ela ainda listou algumas dicas infalíveis para te ajudar nesse processo. Confira a lista abaixo:

1- Coma o que e quando quiser

“Sim, você pode! Mas com consciência. Por exemplo, se quiser comer um chocolate, coma um pedacinho e não a barra inteira. Consumir pequenas porções daquilo que te deixa feliz vai saciar a sua vontade.
Em casos de exageros, siga com os hábitos alimentares saudáveis no dia seguinte sem neuras”.

>Siga essa dieta para perder peso até 5 kg em duas semanas

2- Reflita sobre sua alimentação

A nutricionista também aconselha que o paciente reflita antes de consumir uma guloseima: “Eu realmente estou com vontade de comer isso ou é só um impulso? Substituir a bolacha doce por uma fruta pode saciar o meu desejo?”.

>Não consegue emagrecer? Principais motivos e soluções para seu problema

3- Faça pequenas refeições ao longo do dia

“Comer com mais frequência durante o dia, em pequenas quantidades de bons alimentos, faz com que o paciente se sinta sempre saciado, evitando ataques de gula que geram a vontade desesperada de consumir uma guloseima para matar a fome”.

4- Planejamento é tudo

Ivana aconselha que o paciente sempre planeje as refeições da semana. Dessa forma, é possível ter uma visão ampla dos nutrientes que consumirá para que nenhum dos grupos de alimentos saudáveis falte ou se repita. “Assim a pessoa estará munida de uma alimentação equilibrada durante toda a semana e uma guloseima ou outra não interferirá na balança”.

>Suco de gengibre termogênico que você toma toda noite e elimine gorduras

5- Tenha uma boa noite de sono

Dormir bem auxilia o corpo a regular os níveis dos hormônios leptina, que dá saciedade, e grelina, que induz a fome. “Este equilíbrio hormonal é essencial para controlar aquela vontade de comer besteiras ao longo do dia”.

>Emagreça mais de 4 kg fazendo a dieta da canela corretamente

6- Pratique atividades físicas

Não é segredo para ninguém que a prática de exercícios físicos é essencial para a saúde do corpo. Além de liberar hormônios que ajudam a controlar a compulsão alimentar, a atividade física ajudará a gastar as calorias extras consumidas.

“Estudos apontam também que uma alimentação equilibrada aliada a atividade física diária emagrece três vezes mais. Portanto, se dedique em encontrar a modalidade que você se identifica e te faça bem, e pratique todos os dias”, finaliza.

7- Conte com um profissional

A existência de um profissional especializado para orientar e acompanhar o processo faz toda a diferença. O nutricoach, por exemplo, auxiliará o paciente não só na reeducação alimentar, como também na comportamental.

Veja mais