Como fica a margem dos empréstimos para aposentados do INSS?

Como fica a margem do empréstimos para aposentados do INSS?
Como fica a margem dos empréstimos para aposentados do INSS?

Como fica a margem dos empréstimos para aposentados do INSS?

Acabou a angústia dos aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) sobre o aumento da Margem do Empréstimo Consignado, que se tornou o assunto mais comentado neste início de semana.

Havia uma grande expectativa para a votação da Media Provisória 936/2020 que trata das alterações na legislação trabalhista e onde também constava a proposta do aumento da margem consignável, que foi votada no Senado na noite desta segunda-feira (16/06).

>Como vai ficar o atendimento aos aposentados nas agências do INSS

Veja os principais pontos sobre o aumento da margem do empréstimo consignado e saiba o resultado da votação.

O aumento da margem do empréstimo consignado para aposentados e pensionistas do INSS foi muito discutido pelos parlamentares nos últimos dias. Nesta segunda-feira (16/06),  a proposta do aumento da margem consignável finalmente foi colocada em votação no Senado, após o texto base ter sido aprovado no final de maio, na Câmara dos Deputados.

O artigo 27 da proposta aumentava de 35% para 40% a margem para empréstimo consignado para aposentados. Ou seja, o desconto máximo de empréstimos no salário passaria de 35% para 40% do benefício previdenciário, sendo mantidos os 5% destinados exclusivamente para amortização de despesas contraídas por meio de cartão de crédito ou utilização com a finalidade de saque por meio do cartão de crédito, o que geraria até 45% de renda para os interessados em fazer um empréstimo consignado.

>Afinal, aposentados e BPC podem ou não pegar os R$600 de Auxílio?

Mas o Projeto que aumentava o consignado foi reprovado sob a justificativa, no entendimento de alguns Senadores, de que o aumento da margem não beneficiará os aposentados. A preocupação desses parlamentares é evitar o endividamento da categoria, mas a proposta deve voltar ser discutida no Senado. Isso porque o assunto da Margem do Consignado deve voltar a ser discutido em outro projeto, de autoria do senador Otto Alencar (PSD-BA), que prevê a suspensão do pagamento do consignado durante a crise.

>Publicada novas regras para prova de vida dos aposentados e pensionistas

A proposta divide opiniões. Alguns Senadores são favoráveis ao aumento da margem de empréstimo. Pois na visão de alguns a grana poderia ajudar os aposentados e pensionistas a saírem do aperto nesse momento de crise e de quebra ajudaria a movimentar a economia do país. Veja abaixo o que os parlamentares falaram durante a votação.

Então, como fica a margem do Consignado com impugnação?

Como não houve aumento da Margem,  os aposentados e Pensionistas do INSS vão continuar a usar 35% de seu benefício para tomar empréstimos.

>Novos golpes surpreendem aposentados e pensionistas do INSS

Quantas parcelas deve ter um empréstimo de um aposentado?

A taxa de juros do empréstimo consignado para aposentados e pensionistas do INSS de 1,80%, enquanto a taxa para o cartão de crédito é de 2,70%. Os aposentados ou pensionistas poderão parcelar seus empréstimos para pagar em até 84 meses.

>63 mil aposentados e pensionistas vão receber bolada em atrasados

Quantos empréstimos posso tomar ao mesmo tempo?

Cada beneficiário do INSS pode tomar até 9 empréstimos ao mesmo tempo, desde que, no total, comprometa no máximo 35% de sua renda (30% com empréstimo pessoal e 5% com o cartão de crédito consignado, que também é descontado direto da conta bancária).

Fonte: IINFORME BRASIL

Veja mais