Como receber dinheiro do governo usando o Cadastro Único?

Como receber dinheiro do governo usando o Cadastro Único
Como receber dinheiro do governo usando o Cadastro Único

Como receber dinheiro do governo usando o Cadastro Único.

Criado para selecionar famílias brasileiras em situação de pobreza ou pobreza extrema, o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) é a porta de entrada para todos os benefícios sociais públicos disponíveis no país.

>Renda Brasil: forma, regras, valor e o Bolsa Família

Com as informações coletadas pelo CadÚnico, o governo federa, estados e os municípios podem traçar um mapa de ações voltadas à melhoria da qualidade de vida de famílias que vivem com pouca ou nenhuma renda mensal. Ele é obrigatório para quem deseja participar de iniciativas de assistência social que oferecem grana. A Caixa Econômica Federal é responsável por manter o cadastro, e cabe ao Ministério da Cidadania gerir as informações.

O CadÚnico também é importante para programas estaduais e municipais, que podem exigir a documentação para benefícios de programas locais. Estados e municípios que têm programas sociais próprios também podem solicitar o CadÚnico.

>Auxílio Emergencial: Quem sãos os 700 mil do Bolsa Família que não vão receber a terceira parcela

A partir do momento em que a família estiver cadastrada, sempre que houver alguma mudança em sua situação, é necessário atualizar as informações.

Atualizar o Cadastro Único quando ocorrer as seguintes alterações:

  • Composição Familiar
  • Endereço
  • Renda Familiar
  • Criança cursando educação infantil
  • Mudança de escola/ Criança que completou 6 anos e entrou pra escola
  • Quando recebe o cartão pela 1ª vez
  • Todo Cadastro tem que ser atualizado no máximo de 2 em 2 anos.

>Como emitir comprovante do Cadastro Único para entrar no Auxilio Emergencial e outras ajudas

18 Programas Sociais que você pode ter usando o Cadastro Único:

  1. Auxílio Emergencial
  2. Auxílio Moradia (algumas cidades do país oferecem)
  3. Bolsa financeira municipais (consulte se sua cidade oferece algum programa de renda)
  4. Jovem Aprendiz
  5. Minha Casa Minha Vida
  6. Programa Passe Livre
  7. Aposentadoria para donas de casa de baixa renda
  8. Programa Bolsa Verde
  9. Tarifa Social de Energia Elétrica
  10. Telefone Popular
  11. Isenção de taxa para concursos públicos
  12. Brasil Alfabetizado
  13. Programa Bolsa Família
  14. Assentados e Acampados do INCRA
  15. Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec)
  16. Carta Social
  17. Carteira do Idoso
  18. Renda Brasil (programa ainda será lançado)

>Novo calendário da terceira parcela do Auxílio Emergencial será divulgado

Como se inscrever?

A família deve procurar o Setor Responsável pelo Cadastro Único ou pelo Bolsa Família em sua cidade e fazer uma nova entrevista. Alguns municípios oferecem os serviços de cadastramento e atualização cadastral nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Veja os documentos necessários:

  • Importante: No dia da entrevista, não será preciso que toda a família vá ao local de cadastramento. Se você for maior de 16 anos, e preferencialmente mulher, poderá cadastrar toda a família. Mas, atenção: a pessoa que prestar a informação será chamada de Responsável pela Unidade Familiar (RF) no Cadastro Único. Um outro recado: a entrevista demora mais ou menos uma hora, então  se programe para ir com tempo suficiente, certo?

Responsável pela Unidade Familiar (RF) – deve comparecer com pelo menos um desses documentos:

  • – CPF; ou
  • – Título de Eleitor.

Veja mais