Como saber se é um dos 400 mil aposentados do INSS que pode sacar grana extra: veja datas

Autor: Redação

Publicada em


Como saber se é um dos 400 mil aposentados do INSS que pode sacar grana extra: veja datas
Como saber se é um dos 400 mil aposentados do INSS que pode sacar grana extra: veja datas

Como saber se é um dos 400 mil aposentados do INSS que pode sacar grana extra: veja datas.

Em nota, o INSS informou que já liberou o pagamento da grana extra da revisão do acordo referente a benefícios concedidos com erro de cálculo. O dinheiro faz parte do oitavo lote liberado pelo INSS. Em todo o país vão receber a grana 422 mil aposentados e pensionistas. O prazo para que o beneficiário possa pedir o pagamento das diferenças até o dia 31/12/2022.

>INSS antecipa o dinheiro da segunda parcela as pessoas que pediram o BPC

Quem tem direito a receber a grana extra?
Fazem jus ao pagamento os segurados que tiveram:

  • pensão por morte
  • auxílio-doença previdenciário
  • aposentadoria por invalidez
  • auxílio-acidente previdenciário
  • auxílio-doença por acidente de trabalho
  • aposentadoria por invalidez por acidente de trabalho
  • auxílio-doença por acidente de trabalho
  • auxílio-acidente
  • e pensão por morte por acidente de trabalho liberados
  • Todos com erros de abril de 2002 a agosto de 2009.
  • Pensionistas cujos benefícios são derivados desses benefícios também estão incluídas

>INSS começa a pagar 13º salário dos aposentados segunda: veja o valor da segunda parcela

Como conferir se tem direito pela internet?
O segurado que foi contemplado com o acordo pode consultar se vai receber os atrasados pela internet. Basta acessar o portal Meu INSS (www.inss.gov.br) ou ligar gratuitamente para a Central de Atendimento 135, que funciona de segunda a sábado, das 7h às 22h. O valor do pagamento não será informado.

O Meu INSS está na plataforma de governo gov.br, que oferece um ambiente de autenticação digital único do usuário aos serviços públicos do Governo que estão na internet. Traduzindo isso, significa que, com um único usuário e senha, você pode utilizar todos os serviços públicos digitais que também estejam no gov.br.

>Veja 9 mudanças recentes para aposentados e benefícios do INSS

Para fazer o cadastro é preciso CPF, nome completo, data de nascimento e responder algumas perguntas do seu cadastro junto ao instituto.

Especialistas e o próprio INSS orientam os segurados a não darem seus documentos pessoais, como identidade e CPF, ou até mesmo o número do benefício na mão de terceiros para não cair em golpe. Fazer o cadastro na plataforma é simples e rápido. Caso tenha dificuldade, o recomendável é pedir auxílio a alguém de confiança.

Veja as datas de pagamentos
Os primeiros a receber o oitavo lote foram os segurados com benefícios com finais 1 e 6 a partir do dia 4 de maio. Depois  dinheiro foi liberados para quem tem final 2 e 7, no dia 5. Já para os segurados com final 3 e 8 o pagamento foi feito a partir do dia 6 de maio. Finais 4 e 9 receberam a partir do dia 7. E por último,sairão os valores para quem tem final de benefício 5 e 0 a partir  do dia 8 de maio Desta forma, todos que tem direito já pode sacar a grana extra.

>INSS alerta aposentados e pensionistas sobre informações falsas

Entenda o acordo com gera essa grana extra  para aposentados e pensionistas do INSS
O acordo corrigiu erro do INSS no cálculos dos benefícios. O problema provocou enxurrada de ações judiciais. Na ocasião, o governo negociou com os aposentados para pôr um fim às pendências judiciais. Na época, milhares de benefícios por incapacidade apresentavam erros. Ao calcular a média salarial, em vez de descartar as 20% menores contribuições, servidores do INSS levaram em consideração todos os recolhimentos feitos pelos trabalhadores.

>Aposentados e pensionistas do INSS: o que fazer com as contas do próximo mês?

Assim, os benefícios saíram errados e valores menores do que o realmente deveriam ser pagos. A negociação entre o governo e representantes dos aposentados priorizou os mais idosos, com valores baixos e pagamentos ativos nos primeiros lotes.

A negociação foi encerrada há oito anos e envolveu a União, o Ministério Público Federal e o Sindicato Nacional dos Aposentados, ligado à Força Sindical, em 2012.