Confira o calendário do auxílio emergencial para quem foi reavaliado

Confira o calendário do auxílio emergencial para quem foi reavaliado
Confira o calendário do auxílio emergencial para quem foi reavaliado – Foto: Matheus Argentoni/Canaltech

Confira o calendário do auxílio emergencial para quem foi reavaliado

O governo divulgou nesta sexta-feira (27) um novo calendário dos pagamentos e saques do Auxílio Emergencial para trabalhadores que tiveram o pedido reavaliado em novembro, decorrente de atualizações de dados governamentais, e que realizaram o procedimento de contestação após ter o benefício negado. O lote contempla um público de 122 mil novos beneficiários.

>Auxílio emergencial libera mais uma parcela para beneficiários

>Governo desiste do Renda Cidadã e planeja ampliar Bolsa Família em 2021

São 3 públicos:

  • quem fez o procedimento de contestação por meio da plataforma digital entre os dias 26 de agosto e 16 de outubro de 2020
  • quem fez o procedimento de contestação por meio do endereço eletrônico da Dataprev entre os dias 27 de julho e 19 de outubro
  • quem teve o pagamento reavaliado em novembro de 2020, decorrente de atualizações de dados governamentais e verificações por meio de bases de dados oficiais

Segundo portaria do Ministério da Cidadania publicada no Diário Oficial da União, esse público receberá o crédito da primeira parcela de R$ 600 em poupança social a partir da próxima segunda-feira (30). O prazo se estenderá até 12 de dezembro, de acordo com a data de nascimento.

>Cadastro Único libera acesso ao BPC, Bolsa Família e outros; Veja como se inscrever

>Como pedir desbloqueio do BPC por canais remotos do INSS

Já os pagamentos referentes à segunda, terceira, quarta e quinta parcelas serão feitos entre 13 e 29 de dezembro. Veja abaixo o calendário:

Foto: reprodução

>Recebeu Auxílio Emergencial sem ter direito? É preciso devolver!

O calendário para saques e transferências bancárias começará no dia 19 de dezembro e se estenderá até 27 de janeiro, de acordo com a data de nascimento. Veja tabela abaixo:

Foto: reprodução

Fonte: G1

Veja mais