Termina de forma trágica desaparecimento de jovem na Região Metropolitana

Autor: Redação

Publicada em


Terminou de forma trágica o drama de uma família, que desde o dia 02 de fevereiro procurava por uma mulher que estava desaparecida. Hellen Meire Bonfim Laudano, de 22 anos, simplesmente sumiu após sair de casa afirmando que iria para a festa de Iemanjá, no Rio Vermelho, em Salvador. Ela saiu sozinha e apenas com documento de identidade.

O corpo de Hellen foi encontrado por populares na manhã da última segunda-feira (11/02), em estado avançado de decomposição, na entrada do Parque de festas de Praia do Forte, litoral de Mata de São João, cidade da Região Metropolitana de Salvador (RMS). A notícia pegou a família de surpresa, e muitos ficaram consternados com a forma em que a jovem acabou perdendo a vida.

A polícia civil informou que devido ao estado avançado de decomposição não tem como informar se o corpo apresenta marcas ou sinais de tiros.

O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal Nina Rodrigues, e um exame de necrópsia deve apontar a causa da morte. Ainda não há informações sobre o local e horário do sepultamento. Hellen morava em Praia do Forte.