Criança de 4 anos e mais duas pessoas são mortas a tiros na região metropolitana

Saiba mais detalhes

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Três pessoas foram mortas a tiros, na noite desta sexta-feira (10), dentro de uma residência localizada em Praia do Forte, no município de Mata de São João, Região Metropolitana de Salvador. Ainda de Acordo com a Centel, as vítimas são: Elaine Brito Lemos, de 36 anos; a sua filha, uma criança de 4 anos, identificada como Manuela Beatriz Lemos Cardoso; e Edmilson dos santos Souza Filho, de 26 anos.

O autor do triplo homicídio era ex-marido de Elaine e cometeu suicídio, após os assassinatos: ele entrou no banheiro da casa e deu um tiro na própria boca.

Na manhã deste sábado (10), o delegado de Praia do Forte, Aldaci Ferreira, afirmou que a criança morta na tragédia que chocou a população, não era filha do assassino, identificado apenas pelo prenome de Claudio e conhecido pelo vulgo de “Piti”.
Manuela Lemos, de apenas 4 anos, foi executada juntamente com sua mãe, Elaine Brito Lemos, de 36 anos, dentro de casa. O assasino ainda matou o jovem Edmilson dos Santos Souza Fillho, de 26 anos, que era ajudante de Elaine na venda de acarajé, e depois se matou.
Ainda de acordo com o delegado, trata-se de um clima passional e que o casal já, que morava no bairro de Brotas, em Salvador, já registrava diversas ocorrências de ameaças e brigas. Segundo Ferreira, o jovem Edmilson, que também foi morto, já era ajudante de Elaine na capital baiana e há pouco tempo, foi para Praia do Forte junto com a vendedora. O delegado ressalta que no conhecimento da polícia, a relação entre os dois era apenas profissional.