CRUELDADE: Homem é sequestrado, torturado e tem corpo incendiado em Simões Filho

Um crime com requintes de crueldade foi registrado neste sábado (25/11)

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Um crime com requintes de crueldade foi registrado no inicio da manhã deste sábado (25/11). Um corpo de um homem negro, que aparenta ter entre 24 e 27 anos de idade, segundo a polícia, foi encontrado por Policiais Militares em Simões Filho, na região metropolitana de Salvador (RMS).

A vítima apresentava o corpo parcialmente carbonizado e a perícia ainda não constatou qual instrumento foi usado no crime. Ainda conforme informações, o homem foi coberto por um lençol vermelho, que acabou se colando ao corpo por causa das chamas.

Os policiais suspeitam que a vítima tenha sido torturada e executada em outro local e depois queimada pelos assassinos. “O lençol colou no corpo parecendo um vestido. Provavelmente, ele foi pego, torturado e morto em outro local. Depois enrolaram em um lençol, jogaram as margens da pista e atearam fogo”, suspeita o Sargento Santos.

O cadáver foi encontrado pela polícia por volta das 09h30h, após diligência pelas ruas do município. Quando os policiais chegaram ao local, as margens da via de acesso ao distrito de Santo Antonio dos Rios da Pedras, a vítima já estava sem vida. Ele não possuía documentos e ainda não foi identificado, informou o agente da PM.

Os peritos do Departamento de Polícia Técnica foram acionados concluindo os trabalhos de praxe, e posteriormente o corpo foi levado ao Instituto Médico Legal de Salvador. A Delegacia de Homicídios investiga o caso.

Em apenas uma semana, este é o terceiro corpo carbonizado encontrado na Região do Centro Industrial de Aratu – CIA, em Simões Filho, o que reforça a ideia de que os criminosos transformaram o local em uma espécie de depósito de corpos. Sendo assim, Simões Filho acaba somando às suas estatísticas de homicídios os assassinatos que acontecem fora de seu território.

Até o final da manhã deste sábado nenhum suspeito havia sido preso.

Quer saber mais notícias de Simões Filho? Acesse Aqui.