“Arraiá das Viúvas”: Naiara Azevedo, Maiara e Maraísa ou Marília Mendonça pode fazer show em Simões Filho

Autor: Redação

Publicada em


Uma das mais tradicionais festas juninas da Região Metropolitana de Salvador (RMS), o tradicional São Pedro, o famoso “Arraiá das Viúvas” é aguardado com muita expectativa pela população de Simões Filho, já que o evento não é realizado há três anos.

Em sua 34ª edição, além de muito entretenimento e resgate da cultura regional, o evento contará com shows de artistas da cidade e atrações de nível nacional. A Praça da Bíblia, como é conhecida, será devidamente ornamentada a rigor para receber o público. A festa deve ser realizada nos dias 29 e 30 de junho.

Além disso, as festividades juninas movimentam a economia da cidade, com a atração de pessoas de outros municípios e geração de postos de trabalhos temporários.

ATRAÇÕES

Faltando 53 dias para a festa, alguns nomes já começam a surgir como possíveis atrações do evento. De acordo com informações de fontes ligadas ao governo municipal, o “Arraiá das Viúva” contará com uma grande atração de nível nacional, e três nomes estão sendo cogitados.

Os nomes que chegaram até a redação do Simões Filho Online são os das cantoras sertanejas Naiara Azevedo, Maiara e Maraísa e Marília Mendonça. A informação é que apenas uma delas deve ser escolhida para fazer um show de grandes proporções na Praça da Bíblia. O vazamento dessa informação gera muitas expectativas principalmente para os comerciantes que esperam o aumento de vendas nesse período.

Mas, por enquanto, ainda pairam dúvidas sobre a principal atração da festa. A Secretaria Municipal de Cultura (Secult) ainda não se manifestou oficialmente sobre a programação do evento.

Cachês

Naiara Azevedo
Uma das vozes mais marcantes do sertanejo, a paranaense Naiara Azevedo ficou famosa por suas músicas que falam tanto de amor como de desilusões amorosas.

Se a Prefeitura de Simões Filho quiser contratar Naiara Azevedo, terá que desembolsar um cachê entre R$ 180 mil a R$ 200 mil.

Marília Mendonça
Eleita a “Rainha da Sofrência”, Marília Mendonça arrasta uma verdadeira legião de fãs apaixonados por sua voz. Com diversos sucessos de sua autoria, a goiana é vista atualmente como uma das principais cantoras sertanejas.

Se a prefeitura opiar pela contratação da rainha da sofrência para fazer show em Simões Filho, terá que desembolsar um cachê altíssimo. A cantora cobra entre R$ 300 a R$ 350 mil reais.

Maiara e Maraísa
As gêmeas Maiara e Maraísa atualmente formam uma das duplas de maior sucesso do Brasil. Com hits que falam de amor, abandono e saudade, a sofrência é garantida em qualquer festa. Caso a prefeitura contrate Maiara e Maraísa, terá pagar um cachê de R$ 300 mil reais.


Sem festa em 2017
No ano passado, a principal festa da cidade não foi realizada. Na oportunidade, Dinha disse que a festa não iria acontecer por não dispor de orçamento diante das diversas necessidades do município.

Sem festa em 2016
Em 2016 a cidade também não contou com a apresentação do Arraiá da Viúvas. O secretário de Cultura da época, Walter Mangabeira, disse que o cenário de crise econômica prejudicou a realização do evento.

Sem festa em 2015

Já em 2015, o “Arraia das Viúvas” foi cancelado, segundo o então Prefeito Eduardo Alencar, a decisão se deu em razão das fortes chuvas, que provocaram deslizamento de terras, inundações e desabamentos em alguns bairros do município. Na oportunidade, foi decretada situação de emergência na cidade.

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO

O Arraiá das Viúvas

O ‘Arraiá das Viúvas’ acontece tradicionalmente na Praça da Bíblia – centro da cidade – o evento já teve 33 edições. Segundo Apolinário da Hora, no livro “Água Comprida”, o São Pedro na cidade era comemorado com apresentação de quadrilhas tradicionais e ao som de sanfoneiros que tocavam a noite e visitavam as casas, escolhendo depois residências de famílias tradicionais para amanhecer o dia tocando, soltando fogos e saboreando comidas típicas. A festa que era marcada pela fraternidade e hospitalidade dos moradores passou a ser um momento onde as viúvas mais antigas do município se reuniam em uma data especifica (o dia 29 de junho), e comemorava o dia do seu padroeiro. Por isso, o nome “Arraiá das Viúvas”.