Desespero total: Mãe busca pistas do filho desaparecido em Simões Filho

Autor: Redação

Publicada em


A família de Wanderson Santana de Barros, de 27 anos, está desesperada após o desaparecimento da jovem em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Caboje, como é carinhosamente tratado pelos amigos, saiu de casa, no Bairro Jardim Renatão, sem dizer para onde iria.

O drama já dura 112 dias, ou seja, quase quatro meses de angústia e incertezas. Nesta segunda-feira (11/03), a mãe dele, a aposentada Vera Lucia Nunes de Santana, de 63 anos, procurou a reportagem do SIMÕES FILHO ONLINE, pois teme que algo de ruim tenha acontecido ao filho.

Wanderson deixou a casa da família no dia 19 de novembro de 2018. Na ocasião, ele disse a mãe que retornaria, mas até o momento não deu nenhuma informação sobre o seu paradeiro. As roupas e os objetos pessoais dele estão em casa.

Para a mãe, o tempo passa e o sofrimento só aumenta. “Ele ficou uns dias em Dias D’Ávila trabalhando em uma oficina. O pessoal de lá disse que meu filho saiu do trabalho dizendo que vinha para casa em Simões Filho, mas até hoje não voltou mais. Eu não sei o que pode ter acontecido. Eu não sei o que fala, não sei o que dizer”, lamentou.

Apreensiva, Vera Lucia espera que o desfecho do desaparecimento aconteça rápido. Quem tiver alguma informação sobre Wanderson Santana de Barros deve entrar em contato por meio do WhatsApp do SIMÕES FILHO ONLINE: 71 98652-3364.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO