É DIFÍCIL: Motoristas e Pedestres desrespeitam sinalização em Simões Filho

O avanço do sinal vermelho ou da parada obrigatória é infração gravíssima

Autor: Redação

Publicada em


Foto: Simões Filho Online

Desrespeito à sinalização e aos usuários no trânsito é um dos principais problemas apontados pelos motoristas e pedestres de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). A maioria do condutores insistem em desobedecer a lei e invadem a todo instante o sinal, colocando a vida dos pedestres em risco.

Recentemente a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), instalou diversos semáforos em pontos estratégicos da cidade, mas infelizmente o que se vê é um total descaso não apenas por parte dos condutores de veículos, como também pelos pedestres, que não observam a sinalização e insistem em atravessar a pista fora da faixa.

Em apenas cinco minutos em um dos gargalos da cidade – na região do Mercado Municipal, onde milhares de pessoas transitam diariamente alguns motoristas cometem varias infrações e chegam a ignorar a presença dos Agentes de Trânsito que circulam no local.

Embora a lei 9.503/97 afirme que o avanço do sinal vermelho do semáforo ou da parada obrigatória seja infração gravíssima, ao que parece muitos condutores da cidade insistem em fazer “vista grossa” para o assunto.

A Prefeitura Municipal promete que ainda esse ano, irá começar a aplicar multas aos condutores que infligirem às leis de trânsito na cidade, e já tem projeto para instalação de radares com fotossensores em algumas vias para monitorar os avanços em sinais vermelhos e registrar quando o motorista invadir a faixa de pedestre e exceder a velocidade permitida.

Atualmente Código de Trânsito prevê que quem dirigir acima do limite pagará multa que vai de R$ 127 a R$ 584. Para quem parar na faixa de pedestre, a multa será de R$ 85. Quem avança o sinal paga R$ 127 de multa. Já quem avançar no sinal vermelho do semáforo pagará o valor de R$ 293,47, além de sete pontos na carteira. Parar na calçada gera multa de R$ 88,38. Estacionar em frente ao ponto de ônibus tem multa de R$ 130,16. Dirigir alcoolizado paga R$ R$ 2.934,70 de multa.

Vale ressaltar que ainda não há uma data definida para o início da fiscalização eletrônica, mas é importante ficar atento e obedecer a leis de trânsito.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO