Eduardo Alencar pede ao governador Rui Costa construção de um Centro de Hemodiálise em Simões Filho

Autor: Redação

Publicada em


O deputado Eduardo Alencar (PSD) quer que seja implantado um centro de hemodiálise em Simões Filho. O pedido foi feito ao governador Rui Costa em indicação que o parlamentar apresentou à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). No documento, ele argumenta que Simões Filho possui cerca de 135 mil habitantes  e “um número significativo de pacientes que fazem uso da hemodiálise”.

Esses pacientes, informa, “são transportados por carros cedidos pela Secretaria de Saúde municipal. Vale salientar que, após o tratamento, esse deslocamento causa um desconforto muito grande aos pacientes que dividem esse transporte e às vezes não têm um horário certo para o seu retorno”.

A implantação desse centro de hemodiálise, na avaliação de Alencar, “é de suma importância para a população dessa cidade, bem como a das cidades próximas, uma vez que poderia se tornar um Polo de Atendimento à Saúde atendendo aos municípios de Candeias, Dias d’Avila e Camaçari, com atendimento a pacientes com insuficiência renal para toda a região”.

 A Hemodiálise, discorre o pessedista, é um tratamento que consiste na remoção do líquido e substâncias tóxicas do sangue como se fosse um rim artificial. “É o processo de filtragem e depuração de substâncias indesejáveis do sangue como a creatinina e a uréia”. A hemodiálise é uma terapia de substituição renal realizada em pacientes portadores de insuficiência renal crônica ou aguda, “já que nesses casos o organismo não consegue eliminar tais substâncias devido à falência dos mecanismos excretores renais”, concluiu.