Eduardo Bolsonaro chama Kannário de “vagabundo” após polêmica com PM

Autor: Aratu On

Publicada em


O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), filho do presidente Jair Bolsonaro, postou uma declaração polêmica nesta última terça-feira (3/12) nas redes sociais. Em seu Twitter, Eduardo criticou o colega e cantor, Igor Kannário (DEM).

“Grandes bostas ser deputado federal, numa situação dessas eu preferiria mil vezes ser o PM. Honra, nome, moral e trabalho são valores que não estão ligados ao cargo que você ocupa, um fato que vagabundo jamais entenderá. Como um sujeito desses é eleito na Bahia?”, escreveu Bolsonaro.

A fala do filho do presidente se refere à ação do democrata quando, no último domingo (1/12), criticou a atuação de policiais militares durante um “arrastão” no bairro da Liberdade, em Salvador, em comemoração ao seu aniversário. “Eu sou a lei. Sou deputado federal. Então ‘f**eu'”.

Eduardo replicou um comentário feito pelo vereador Alexandre Aleluia (DEM), que acusou Kannário de se “vangloriar” por uma “medalha imaginária”. “Se isola arrogantemente como um ditador do seu pequeno mundo. Pior do que o sujeito não ter noção do que seja um deputado é um deputado não ter noção do que seja a PM”, escreveu Aleluia.

CONFIRA: