Pai de santo morto em Simões Filho estava em casa, com a mulher e a filha; esposa foi baleada

Saiba mais sobre o caso

Autor: Redação

Publicada em


“Ele estava dentro de casa, com a mulher e a filha – quando foi executado”, diz uma moradora. “Ao ouvir os disparos, fiquei bastante assustada e fechei a porta da minha casa”. Contou.

Na noite deste sábado (12), a mulher do pai de santo, Sizenando de Jesus Carvalho, de 39 anos, presenciou a morte do marido. Sizenando, residia na Rua Nova, no Bairro Cristo Rei, em Simões Filho, na região metropolitana de Salvador. Bastante conhecido na comunidade onde morava, ele era chamado de ‘Zal’. “Eu só posso dizer que vou sentir saudades dele, pois era uma pessoa muito querida por todos aqui”.

Segundo familiares da vítima, momentos antes do crime, Zal havia acabado de chegar em casa do hospital, onde foi visitar um amigo que tinha sido baleado na semana passada. Parentes e amigos do pai de santo garantiram que ele não tinha desafetos e que até o momento não entendem a motivação do crime.

Sizenando de Jesus Carvalho, de 39 anos

Sizenando deixa três filhos – um deles com a atual companheira. O sepultamento do corpo de Sizenando aconteceu na tarde deste domingo (13), no cemitério da cidade.

Nas redes sociais, amigos já deixaram suas mensagens de apoio e conforto à família de Sizenando. “A única coisa que consigo fazer nesse momento é orar por toda a família para que tenham muita força e fé para enfrentar esse momento tão doloroso!”. Diz um post.

Ainda bastante chocados, moradores evitam falar mais detalhes sobre o crime. O fato aconteceu no inicio da noite deste sábado (12). Por volta das 18:30, o pai de santo foi morto com diversos tiros e a esposa levou um tiro de raspão na perna.

Entenda o Caso

De acordo com informações enviadas a redação do Simões Filho Online, Sizenando de Jesus Carvalho, de 39 anos, residia na Rua Nova. Ele estava dentro de sua residencia conversando com a mulher na sala de casa, assistindo televisão, quando, dois homens armados invadiram o local e surpreenderam o babalorixá que foi atingido na cabeça e em diversas partes do corpo.

Zal recebeu mais de sete tiros – entre eles, dois na cabeça e um no braço. Além do pai de santo, informações dão conta de que  a esposa também foi baleada, mas o tiro pegou de raspão na perna. Ela passa bem.

Populares disseram que os autores do homicídio, ainda não identificados, chegaram a casa da vítima de moto. “Ele estava sentado, conversando com a esposa, quando esse homem chegou. Ele atirou e saiu”. Contou.

Sizenando foi socorrido e deu entrada no Hospital Municipal de Simões Filho às 18h59min. Ele chegou a ser reanimado e entubado, mas, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito às 21h10min ainda na unidade.

O caso está sendo investigado por agentes da  22ª Delegacia Territorial de Simões Filho. A motivação do crime ainda é desconhecida. A polícia militar realizou buscas na região, mas até o fechamento da matéria ninguém havia sido preso. O corpo de Zal foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) em Salvador.

Veja outras notícias de Simões Filho

*Publicada as 11:31 e atualizada às 13:00 – 13/09/2015