“Estava de carona, não sabia que tinha alguma coisa no carro”, diz Igor Kannário

Cantor foi preso pela segunda vez no mês de janeiro com droga

Autor:

Publicada em


Foto: Reprodução/Varela Notícias

Após ser detido pela polícia duas vezes no mês de janeiro com droga, o cantor Anderson Machado de Jesus, mais conhecido como Igor Kannário, de 30 anos, disse que não tem nada a ver com o entorpecente encontrado no carro em que estava na BR-324.    

 

— Eu tava de carona no carro, tava parado no posto onde eu saio pra ir viajar, não tenho nada a ver, a gente não sabia que tinha alguma coisa dentro do carro, a gente estava fora do carro (sic)

 

O cantor, o produtor e o motorista foram abordados em um posto de combustíveis e, ao revistar o veículo, os policiais encontraram uma quantidade de maconha. Os três foram encaminhados para delegacia, onde foram ouvidos e liberados em seguida. Ao sair da delegacia, Igor disse que estava indo fazer um show em Nova Viçosa, no sul da Bahia.  

 

— O Kannário está livre

 

No dia sete de janeiro, o cantor foi detido após ser flagrado com droga no bairro da Caixa da D’Água, na capital baiana. De acordo com a Polícia Militar, Igor Kannário estava em um carro com João Pedro Laurentino, de 27, quando foi abordado por uma guarnição da 37ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar) da Liberdade, na rua Saldanha Marinho.

 

Com a dupla, segundo a polícia, foram encontradas oito “dolas” de maconha. Os acusados foram encaminhados à 2ª DT (Delegacia Territorial) da Lapinha. Interrogados pelo delegado Luiz Henrique Ferreira, que lavrou o flagrante, Igor Kanário e João Pedro afirmaram que a maconha seria usada para consumo próprio. O cantou chegou a afirmar que a maconha foi entregue por um fã, que não teve o nome revelado.

 

Igor Kannário chegou a ser encaminhado para o Núcleo de Prisão em Flagrante, no Complexo Penitenciário da Mata Escura, mas foi liberado após pagar fiança.