Falta de água continua causando indignação e transtorno para moradores de Simões Filho

Autor: Redação

Publicada em


FOTO: Ilustrativa

A falta de água voltou a ser motivo de indignação e transtorno para moradores de alguns bairros de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) nas últimas semanas.

Segundo informações de alguns leitores do Simões Filho Online certas localidades estão sem água desde o último domingo (13/5) e a Embasa, responsável pelo serviço de distribuição não fez nenhum aviso prévio sobre a suspensão do abastecimento para que os moradores pudessem se prevenir.

Os bairros do Cia I e II, Simões Filho I, Ponto de Parada e Recanto do Sol são os que mais têm sofrido com a escassez de água, pois, o abastecimento é irregular e os moradores destas comunidades são sempre prejudicados por não poder contar com o serviço diariamente.

 Ainda no dia (4) deste mês, a Embasa emitiu uma nota de esclarecimento sobre o assunto, informando que o fornecimento de água em algumas localidades de Simões Filho aconteceu devido a correção de vazamento na rede distribuidora de água que atende alguns bairros, e que o abastecimento que teria sido interrompido no dia (27/4), estaria sendo  normalizado de forma gradativa, sendo que a completa regularização estaria ocorrendo em até 48 horas.

Contudo, as queixas dos moradores sobre a falta de abastecimento não pararam de chegar na redação do site, e é comum encontrar pessoas nas ruas falando sobre o assunto, inclusive a irregularidade no fornecimento de água tem acontecido até em ruas do mesmo bairro, onde algumas residências caí água e, em outras não e os moradores diversas vezes são obrigados a pegar água na fonte para o consumo.

Embora a população revelem manter contato com a Empresa Baiana de Águas e Saneamento para informar sobre o problema, a situação não tem sido resolvida, o que prejudica principalmente as donas de casa que necessitam de água para realizar suas atividades diárias.

Muito insatisfeito com a situação, a população solicita providências urgentes e algumas pessoas chegam a falar que o problema acontece porque a Embasa não tem concorrência e por isso não se preocupa em melhorar o serviço.

“Até quando agente vai passar por isso?. Direto falta água em vários bairros da cidade, mas a conta chega todo mês. Tudo só acontece porque a empresa não tem concorrência. Fica aqui minha indignação sobre o caso”, comentou um leitor que preferiu não se identificar, em uma das queixas que chegaram na redação do site.