Fila gigantesca marca último dia de atendimento ao eleitor em Simões Filho

Outra vez os simõesfilhenses deixaram para a última hora e a fila dobrou no último dia de atendimento.

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Outra vez os simõesfilhenses deixaram para a última hora e a fila dobrou no último dia de atendimento para transferência, regularização ou confecção do primeiro título de eleitor antes das eleições de outubro.

A movimentação no cartório de Simões Filho foi muito grande, o que gerou transtorno e muita reclamação por parte da população. De acordo com usuário do serviço, apenas 80 fichas foram entregues, numero insuficiente para atender a demanda do dia. “Tem gente que dormiu na fila e não foi atendido”, disse um jovem que procurou o Cartório.

De acordo com o Cartório Eleitoral de Simões Filho, a 33º Zona Eleitoral, atendeu – somente durante o último mês de abril – 790 eleitores. O número supera em 153% o registrado no mesmo período do ano passado, quando 312 pessoas buscaram por atendimento. O aumento da procura pelos serviços se dá em função da proximidade do fechamento do cadastro e em razão dos cidadãos que deixaram para última hora a solução de pendências com a Justiça Eleitoral. Por conta do alto fluxo dos últimos dias, o atendimento a estes três serviços tem sido a prioridade do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA).

Ainda segundo o Cartório Eleitoral de Simões Filho, o fechamento do cadastro é nacional e aconteceu nesta quarta(04), sendo a data limite para a regularização do eleitor, que deverá comparecer às urnas no próximo dia 2 de outubro. Após 4 de maio, e até 10 dias antes das eleições, os únicos serviços que poderão ser solicitados pelo eleitor é a emissão da segunda via do título eleitoral e a certidão de quitação eleitoral.

Agora, o Cartório Eleitoral de Simões Filho concentrará os trabalhos na parte administrativa das eleições como a convocação de mesários e preparação dos colégios que receberão as urnas eletrônicas para as eleições municipais.

Até o fechamento desta edição ainda não havia os dados oficiais do número de eleitores aptos a votar em Simões Filho, mas estima-se que fique em aproximadamente 70 mil.