Fim trágico: Motorista que estava desaparecido é encontrado morto em Simões Filho

Autor: Redação

Publicada em


O corpo de um caminhoneiro que estava desaparecido desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira (20/6), foi encontrado na manhã desta quinta-feira (21/6) em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O motorista Alexandro Ferreira Souza, 35 anos, foi vítima de latrocínio, roubo seguido de morte, de acordo com a polícia.

O corpo dele foi encontrado dentro de um matagal nas proximidades da Rua da Paz, no Bairro Ilha de São João, e estava totalmente despido como sinais de que teria sido torturado até a morte. O crime chocou os moradores da localidade que acionaram os agentes da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM).

Informações iniciais que ainda serão apuradas pela Policia Civil dão conta de que o caminhoneiro teria sido morto por ter acionado a PM. Após o confronto com os policiais em que um suspeito acabou sendo morto, os criminosos teriam levado o motorista para um outro local no mesmo bairro e executado o homem. “Ele não merecia passar por isso, era um pai de família e trabalhador”, relatou um amigo da família.

Entenda o caso

Alexandro é o dono do caminhão que a Polícia Militar recuperou na manhã desta quarta-feira (20/6), após uma intensa troca de tiros na Rua da Paz, no Bairro Ilha de São João, em Simões Filho. No confronto, um suspeito morreu e um homem que passava no local acabou sendo baleado. Os policiais ainda recuperaram a carga que pertence a empresa M Dias Branco que estava sendo transportada no veículo, mas o dono do caminhão continuava desaparecido.

De acordo coma família do caminhoneiro, por volta das 4 horas da manhã desta quarta-feira (20/6), Alexandro carregou o caminhão na empresa M Dias Branco como sempre fazia, e seguia para a cidade de Brumado, transportando uma carga de biscoitos da marca Vitarella quando foi interceptado por bandidos em Simões Filho. Segundo os familiares, ele teria sido amarrado e deixado em um local do município. Já a carga roubada foi levada para uma casa na Rua da Paz, no Bairro Ilha de São João.

Por volta das 8 horas da manhã, a Polícia Militar recebeu uma denúncia. A informação era de que criminosos armados estavam descarregando um caminhão com uma carga roubada. Ao chegar no local, os policiais encontraram cerca de oito homens fortemente armados, que efetuaram vários disparos de aram de fogo contra os agentes do Peto, que revidaram.

Um dos suspeitos, identificado como Vandersom Osvaldo de Souza, foi baleado e chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF), mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Um senhor identificado como Domingos, que estava passando no local, foi baleado no braço esquerdo durante a ação e, também, foi socorrido para a unidade de saúde. Ele passou por atendimento médico e foi liberado.

A Polícia Civil está investigando o caso e busca pela autores do crime. O local do crime foi isolado e o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc) foi acionado. O corpo do caminhoneiro será removido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) e encaminhado ao Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IML).

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO

Caminhão foi recuperado pela policia