Fraude atrai aposentados e pensionistas do INSS para cair em golpe

Autor: Redação

Publicada em


Alerta! Fraude atrai aposentados e pensionistas do INSS para cair no golpe
Alerta! Fraude atrai aposentados e pensionistas do INSS para cair em golpe

Fraude atrai aposentados e pensionistas do INSS para cair em golpe.

Atualmente, existem diversas modalidades de golpes aplicados contra aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Existem golpes que são mais fáceis de perceber e evitar, mas os fraudadores estão sempre explorando novas modalidades de ataques, e agora o perigo também está vindo através do WhasApp, por meio de uma nova modalidade de proposta fake, ou seja, um golpe.

Por isso é importante para todos os segurados conseguirem perceber quando estão sendo alvos de golpes e evitar o pior.

Segundo os relatos recentes, os estelionatários entram em contato com as vítimas por meio do aplicativo WhasApp. Se os seguradores não tiverem o aplicativo de mensagens instalado no celular, os golpistas utilizam outros meios como ligação telefônica ou mensagens via SMS, mas o objetivo é o mesmo, aplicar o golpe nos segurados do INSS.

Como o golpe é aplicado?

  • Primeira Modalidade de golpe – WhastApp

Os golpistas enviam uma mensagem de texto via WhasApp pedindo para o aposentado ou pensionista entrar em contato com um número 0800. Dentro da mensagem também consta outro número para contato, só que de celular.

A primeira reação do beneficiário é entrar em contato com o número 0800 que informa apenas que o benefício do segurado está bloqueado e deve ligar para um número de celular para confirmar os dados. Apavorados com a notícia, os beneficiários acabam ligando para o número de celular informado e exatamente aí que o golpe começa a ser aplicado.

Assim aconteceu com o aposentado Ulisses Souza, morador do Rio de Janeiro. Ele entrou em contato com a reportagem e fez um alerta aos beneficiários do INSS para não cair no golpe. “Eu recebi um WhastApp dizendo que eu tinha que telefonar para um tal 0800, e ali pude reparar que vai um outro número de celular inserido. Aí fica dizendo que o Beneficio foi bloqueado e tem que ligar para confirmar os dados. Claro que isso é um golpe, eu não cair, mas muitos caem”, disse ele.

Conforme apuramos, o objetivo principal dos estelionatários é fazer com que os segurados informem dados bancários como número, do cartão senha, CPF, o que possibilita aos golpistas realizar compras em lojas e principalmente pela internet ou até mesmo tomar empréstimos em nome do segurado.

  • Segunda Modalidade de golpe – Por ligação Telefônica ou SMS

Ligação telefônica: Nesta modalidade o objetivo é extorquir as vítimas. Estelionatários ligam, se fazem passar os integrantes do Conselho Nacional de Previdência (CNP) e alegam que as vítimas têm valores atrasados a receber.

Esses supostos recursos seriam referentes a benefícios pagos pela Previdência Social. No entanto, “para que o dinheiro seja liberado”, os golpistas induzem as pessoas a depositarem uma certa quantia numa conta bancária indicada por eles. O falso argumento é de que é preciso pagar uma taxa para a liberação do pagamento que, na verdade, não existe.

SMS: Nessa modalidade o objetivo é roubar dados dos aposentados e pensionistas e abrir brechas para que eles caiam em outras armadilhas. A mensagem enviada pelos criminosos informa que o Banco identificou pendencias no CPF do segurado e disponibiliza um link para que a vítima resolva o problema. Entre os sinais de golpe na mensagem estão o link fornecido, que não é de uma página oficial do Banco, muito menos do INSS. Veja mensagem abaixo:

Mensagem recebido por uma pensionista

Alerta

A Secretaria de Previdência esclarece que todos os serviços e valores a receber, quando realmente existentes, são disponibilizados de forma gratuita aos segurados. Além disso, em nenhuma hipótese, membros de Conselhos ligados à Secretaria de Previdência entram em contato com segurados da Previdência Social por telefone ou WhasApp.

Fique ligado

A Secretaria de Previdência reforça que não solicita dados pessoais dos seus segurados por e-mail ou telefone e tampouco faz qualquer tipo de cobrança para prestar atendimento ou para realizar seus serviços. A recomendação aos segurados é de que não recorram a intermediários para entrar em contato com a Previdência Social e, em hipótese alguma, depositem qualquer quantia para ter direito a algum benefício.

A Secretaria também orienta os segurados a não fornecer seus dados pessoais a terceiros, já que essas informações podem ser utilizadas para fins ilícitos.

As vítimas desse tipo de abordagem devem registrar boletim de ocorrência n

A orientação, nesses casos, é:

  • não fornecer dados pessoais a terceiros, já que essas informações podem ser utilizadas para fins ilícitos;
  • não fazer nenhum depósito solicitado pelos estelionatários
  • e entrar em contato com a Polícia Civil com urgência.

Como denunciar?

Caso tenha sido vítima desse tipo de abordagem, registre boletim de ocorrência na Polícia Civil e comunique o fato à Ouvidoria do INSS, pelo número 135 ou pela internet (www.inss.gov.br).

Então, fica o alerta a população para se precaverem de estelionatários que tentam aplicar golpes.

VEJA MAIS:

INSS: aposentada que teve benefício concedido pela Justiça e de forma administrativa terá que optar por um dos dois
INSS cria nova regra para beneficiário que vive no exterior comprovar vida
Aposentados do INSS que ganham abaixo do teto terão um novo benefício