Funcionários da UPA de Simões Filho reclamam de salários atrasados há dois meses

Funcionários estão indignados e cobram o uma resposta do prefeito.

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Os funcionários que trabalham na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Simões Filho – localizada no CIA 1, estão com os salários atrasados há dois meses, segundo funcionários.

Temendo represálias, os funcionários que fazem a denúncia ao Simões Filho Online, preferem não ser identificados, porém reforça o apelo para que o problema seja resolvido o mais rápido possível.

“Hoje resolvi abri a boca para que as autoridades deste município venham tomar alguma posição em relação ao salários dos funcionários dá UPA, que está trabalhando desde do dia 1 de janeiro sem previsão de quando vai receber dinheiro. Estamos com dois meses de salário atrasado, ainda não recebemos um centavo”, disse um funcionário.

“Não é somente eu que está passando por essa situação – é a unidade quase inteira, o pessoal da recepção, copeiras, auxiliares de higienização e outras categorias. Infelizmente não sabemos a quem pedir ajuda. Estamos “A ver navios” e temos contas a pagar. As contas não esperam. Os funcionários estão em situação lamentável – não tem dinheiro de transporte nem pra ir trabalhar”, completou o funcionário.

Em meio ao impasse, funcionários estão indignados e cobram uma resposta do prefeito. “Estou pedindo para que o senhor Diógenes Tolentino possa nos ajudar – já que os coordenadores que ele nomeou não tem competência”, apelou o denunciante.

O que diz o município
A Prefeitura de Simões Filho informou, por meio de assessoria de comunicação, que tem conhecimento da situação. Trata-se de um grupo de 16 funcionários que, por conta da antecipação da folha de pagamento para o dia 24 de fevereiro, estarão contemplados com seus salários retroativos na folha suplementar que tem previsão de apagamento até o dia 10 de março.