Golpe promete limpar o nome de aposentados do INSS em algumas horas

Golpe promete limpar o nome de aposentados do INSS em algumas horas
Golpe promete limpar o nome de aposentados do INSS em algumas horas

Golpe promete limpar o nome de aposentados do INSS em algumas horas.

Frequentemente surgem novos golpes ou antigas fraudes voltam ao cenário. É o que está ocorrendo atualmente. Parece algo inofensivo. A proposta é feita de forma discreta e muito atrativa, oferecendo ajuda para quem está endividado com o nome sujo, mas é uma armadilha que tem pegado pessoas não só trabalhadores da ativa, como também aposentados e pensionistas do INSS.

>Aposentados e pensionistas do INSS podem consultar gratuitamente se o nome está sujo

A fraude acontece principalmente por e-mail ou WhatsApp. A mensagem do golpista garante limpar o nome sujo da pessoa ou o CNPJ em algumas horas, independentemente do valor da dívida. Em seguida, o golpista pede algumas informações básicas, como nome e CPF, além de um depósito de pelo menos R$ 100 para iniciar o processo de limpeza do nome.

Quando você pede uma referencia de pessoa sobre a qualidade do serviço, logo eles respondem: “não uso meus clientes como exemplo para ninguém, assim como você também não iria gostar que te indicássemos para ser usado como referência para pessoas que você não conhece”.

>Caixa alerta para golpes envolvendo Auxílio Emergencial

Eles ainda garentem que em poucas horas a pessoa terá seu crédito recuperado e score aumentado e diz que a vítima poderá voltar a fazer financiamentos, empréstimos, cartões de créditos, cheques e tudo mais.

Nas maioria dos casos, o criminoso diz agir como um intermediário com acesso direto aos sistemas de cartórios, bancos, Serasa, SPC, ou qualquer outro órgão de proteção ao crédito.

>Proposta quer aprovar décimo quarto salário para aposentados do INSS

A facilidade oferecida faz com que muitas pessoas caiam nesse tipo de armadilha que, além de não limpar o nome e subtrair quantias de dinheiro, complica ainda mais a situação do consumidor, pois além de depositar R$ 100, as informações fornecidas servem para que os criminosos criem boletos de cobranças, crediários, contas e gerem outras dívidas para a vítima, segundo os relatos de quem caiu no golpe. Então fique atento e naia nessa cilada.

>Cuidado: Novo golpe promete liberar saque do FGTS e pega milhares

Como a pessoa pode consultar online se está com nome sujo sem pagar nada?

Quando o consumidor fica inadimplente, é obrigação da empresa para a qual ele está devendo alertá-lo antes de enviar seu nome para os cadastros de proteção ao crédito. Assim, ele terá a chance de quitar a dívida. Se, mesmo assim, o nome do consumidor for negativado, os próprios serviços de proteção ao crédito mantêm centrais de atendimento em que é possível descobrir se o CPF está com algum tipo de restrição.

>Aposentados e pensionistas do INSS podem sacar até R$ 7 mil
s

Veja duas formas confiáveis de consultar o nome sem pagar nada

1. Consulte se o nome está sujo no Serasa
A Serasa Experian oferece consulta gratuita de CPF por meio do aplicativo e do portal Serasa Consumidor (www.serasaconsumidor.com.br). O usuário deve clicar na opção “Consultar dívidas” para fazer um cadastro com seus dados pessoais, criar uma senha e confirmar o e-mail. Após o registro, basta ir até o painel “Pendências” para ver as informações.

>Como conferir se o seu CPF foi utilizado para pedir o Auxílio Emergencial indevidamente

2. Consultar se o nome está sujo no SCPC
A Boa Vista disponibiliza consulta de graça ao banco de dados da SCPC no site Consumidor Positivo (www.consumidorpositivo.com.br/consulta-cpf-gratis/), que também tem versão para celular. A plataforma também requer uma conta com CPF e outros dados pessoais, além de e-mail e senha de acesso. Depois, só é preciso conferir o box “Dívidas” para saber a quantidade de pendências no nome.

Veja mais