Governo divulga passo a passo para acompanhar a situação do Auxílio Emergencial

.

Autor: Redação

Publicada em


Governo divulga passo a passo para acompanhar a situação do Auxílio Emergencial
Governo divulga passo a passo para acompanhar a situação do Auxílio Emergencial

Governo divulga passo a passo para acompanhar a situação do Auxílio Emergencial.

O Governo Federal disponibilizou o passo a passo de mais um serviço para as pessoas que solicitaram o Auxílio Emergencial consultarem a situação do requerimento.

Por meio da consulta, o cidadão que se enquadra em um dos três grupos candidatos a receber o Auxílio Emergencial poderá acompanhar em qual etapa se encontra
sua solicitação.

>Como emitir o cartão virtual do Caixa Tem para usar dinheiro do auxílio emergencial

Os grupos destinados à análise dos critérios para receber o auxílio são:

Grupo 1: Microempreendedores (MEIs), Contribuintes Individuais (CIs) e trabalhadores informais. Para este público, primeiramente é necessário realizar o Requerimento do Auxílio Emergencial junto à Caixa.

Grupo 2: Inscritos no Cadastro Único e beneficiários do Programa Bolsa Família. Beneficiários do Bolsa Família não precisaram se inscrever e sua análise ao benefício foi automática.

Grupo 3: Inscritos no Cadastro Único que NÃO são beneficiários do Bolsa Família. Os inscritos no Cadastro Único não precisaram se inscrever e sua análise ao benefício foi automática.

A consulta das etapas de processamento do Auxílio Emergencial na Dataprev pode ser feita por meio dos links:

  • www.cidadania.gov.br/consultaauxilio ou
  • https://consultaauxilio.dataprev.gov.br

>Caixa libera auxílio emergencial para três grupos nesta quinta-feira: confira

Passo a passo:

Passo 1: Na TELA INICIAL (abaixo), o cidadão deverá informar seus dados básicos para identificação e, também, confirmar que não é um robô:

  • CPF
  • Nome
  • Nome da mãe
  • Data de Nascimento

Estes dados serão confrontados com as informações do Cadastro Único e, no caso do Grupo 1 (Informais), com os dados utilizados no requerimento à Caixa.

Passo 2: Após a inserção dos dados pelo cidadão, aparecerá a TELA 2. Na TELA 2, o sistema já apresenta o resultado com as etapas do processamento do benefício na Dataprev.

Passo 3: Na TELA 3 (imagem abaixo), o cidadão pode verificar a data de início do seu processamento (item 1) até o dia em que o resultado da análise foi enviado para a Caixa (item 4). Para os cidadãos do Grupo 1, será possível ainda visualizar a data do seu requerimento.

>10 milhões de pessoas aguardam na fila a aprovação no Auxílio emergencial

Os resultados possíveis são:

BENEFÍCIO APROVADO: Significa que o cidadão é elegível a receber o Auxílio Emergencial. A data de envio para a Caixa não representa a data efetiva do pagamento do benefício. O calendário de pagamento dos beneficiários deverá ser consultado diretamente no site da Caixa (https://auxilio.caixa.gov.br)

BENEFÍCIO NÃO APROVADO: Significa que o cidadão não é elegível a receber o Auxílio Emergencial. Na mesma TELA 3, o cidadão poderá verificar que critério não foi atendido, motivo que causou a sua inelegibilidade ao benefício.

Quando o benefício não é aprovado, o cidadão poderá realizar um novo requerimento junto à Caixa e corrigir ou contestar o resultado. Nesse caso, o sistema apresentará na mesma consulta o resultado de ambas as análises.

>Auxílio emergencial: mercados aceitam pagamento com cartão virtual do Caixa

Em caso de refazer o pedido

O cidadão que teve o benefício reprovado na primeira análise, pode realizar um novo requerimento e a sua segunda análise está em processamento na Dataprev: Ao verificar o andamento você pode ver as seguintes mensagens:

REQUERIMENTO NÃO ENCONTRADO: Caso o requerimento do cidadão ainda não tenha sido recebido pela. Nessa situação, é necessário que o cidadão aguarde a chegada das remessas da Caixa. Caso ainda não tenha realizado sua inscrição, o requente deverá acessar o site da Caixa e fazer o seu requerimento.

REQUERIMENTO RETIDO: A mensagem significa que o cadastro foi retido pela equipe de homologação do Ministério da Cidadania em função da complexidade de cenários e cruzamentos. Com isso, será realizado novo
reprocessamento das informações pela Dataprev.

>Caixa afirma que segunda parcela do auxílio emergencial terá filas menores

DADOS INCONCLUSIVOS: Caso o sistema identifique problemas nos dados do cidadão que impeçam a análise para concessão do benefício, o sistema apresentará a TELA 7, orientando que se realize um novo requerimento no site da Caixa para complementar ou confirmar seus dados cadastrais ou de sua família.