H1N1: Número de casos crescem de 61 para 73 em uma semana; Mais um óbito é registrado

Autor: Redação

Publicada em


FOTO: Reprodução portal Grnews

Em uma semana os números de casos de H1N1 na Bahia cresceu de 61 para 73 ocorrência registrados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Um boletim divulgado nesta quarta-feira (2/5) pela Sesab, informa que até o dia 28 de abril deste ano foram notificados 552 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 43 óbitos. Dentre esses casos, 87 foram confirmados para Influenza, sendo 73 pelo subtipo A H1N1, com 13 deles evoluindo para óbito.

No mesmo período de 2017 foram notificados 188 casos de SRAG, com 16 óbitos. Dentre eles, 16 foram confirmados para Influenza sem registro de óbitos, sendo dois casos de Influenza A H1N1.

Foram confirmados casos de A H1N1 em 18 municípios e os óbitos ocorreram em cinco deles. Salvador registrou nove (9) óbitos. Os outros municípios foram Camaçari (1); Lauro de Freitas (1); Saúde (1) e Serrinha (1).

A faixa etária de maior ocorrência foi entre os menores de cinco anos e maiores de 60 anos, sendo que 69,2% dos óbitos ocorreram nesse grupo.

A Vacina

A campanha de vacinação contra a Influenza em todas as cidades da Bahia começou na última segunda, (23/4). O público-alvo são crianças de seis meses até 5 anos, além de grávidas e mulheres que deram à luz no período de até 45 dias.

Idosos a partir de 60 anos, doentes crônicos, detentos e professores e profissionais de saúde também podem tomar.  A meta é vacinar 90% do público-alvo, formado na Bahia por 3,6 milhões de pessoas.

A campanha segue até 1º de junho, tendo o dia 12 de maio como o Dia D de mobilização nacional

Veja notícias de Simões Filho