“Homem-bomba” se entrega após quatro horas de negociação na Unijorge

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


[RoyalSlider Error] No post attachments found.

Fim do clima de terror e pânico que tomou conta do campus da faculdade Unijorge, na Paralela, na tarde deste domingo (24), em Salvador. O suposto homem-bomba, que estava abrigado na sala 711, se entregou à equipe do Batalhão de Operações Especiais Policiais (BOPE).

Após cerca de quatro horas de negociações, policiais do BOPE conseguiram a rendição de Frank Oliveira da Costa. No início da tarde deste domingo (24), durante a realização da prova da Ordem dos Advogados do Brasil, ele ameaçou detonar uma bomba no campus Paralela da Unijorge, onde a prova seria realizada.

Áudio mostra momentos de terror, ouça abaixo:

De acordo com o comandante do BOPE, tenente coronel Paulo Coutinho, não foram encontrados artefatos explosivos ou armas de fogo com Frank. Após passar por atendimento médico, ele será encaminhado ao Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), onde será ouvido.

Informações preliminares dão conta de que o caso se trata de um fato isolado, sem conexões com terrorismo.

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS

O caso também foi acompanhado por equipes especializadas no Centro Integrado de Comando e Controle, instalado no Centro de Operações e Inteligência. Também participaram da ação policial representantes da Polícia Federal e do Corpo de Bombeiros.  Ninguém ficou ferido.