Homem morto ao ter casa invadida em Simões Filho era mototaxista

Testemunhas informaram que Valdir era mototaxista e empilhador.

Autor: Simões Filho Online

Publicada em


Um mototaxista teve a casa invadida e foi morto a tiros na cidade de Simões Filho, na região metropolitana de Salvador (RMS), na noite desta quarta-feira (02). Segundo as primeiras informações, testemunhas informaram que Valdir Cruz de Oliveira, de 40 anos, era mototaxista na cidade. Ele também era empilhador. Valdir estava em casa, no Bairro da Pitanguinha Nova por volta das 19h00, quando homens invadiram a residência.

Ainda segundo populares, o mototaxista teve a casa invadida por um jovem identificado como  Lucas Moab da Silva Santana, de 22 anos, que estava fugindo de homens armados. Os atiradores que ainda não foram identificados, entraram na residencia de Waldir atirando em Lucas que teria se escondido em um comodo da casa, mas foi encontrado e morto com vários tiros. Durante ação criminosa, Waldir acabou recebedo um disparo de arma de fogo. Populares ainda informaram que o alvo não era Waldir e o mesmo teria sido morto por uma bala perdida. Um outro rapaz, identificado como Nailton da Silva dos Anjos, de 22 anos, também foi morto ao ser encontrado na rua.

“Infelizmente ele foi vítima de bala uma perdida. Valdir estava dentro de casa. Era um homem direito, trabalhador – infelizmente foi uma fatalidade”, relatou um leitor.

MAIS NOTICIAS DE SIMÕES FILHO

Lucas e Valdir foram socorridas para o Hospital Municipal de Simões Filho, mas não resistiram e morreram apos ter dado entrada na unidade de saúde. Já Nailton foi levado para UPA do Cia e também não resistiu.  A polícia está investigando a autoria e a motivação do triplo homicídio. Saiba mais informações sobre o caso